Descubra quais são os tipos de solo e evite problemas na estrutura da obra

Se existe uma opinião que é unanimidade entre arquitetos e engenheiros é que toda obra precisa começar com uma boa análise do terreno e do solo.

O trabalho dos profissionais envolvidos é entender com a superfície vai se comportar ao receber pressão acima dele.

Diante desse contexto, entender quais são os tipos de solo é fundamental para garantir o sucesso do projeto.

Você ainda tem dúvidas sobre o assunto? Não se preocupe!

Neste artigo, vamos explicar quais são os tipos de solo e os mais presentes no Brasil. Acompanhe!

Quer aprender mais sobre construção civil? Veja o que já publicamos sobre o assunto:

  • Acerte na compra dos materiais! Descubra como calcular concreto para lajes, vigas e pilares
  • Além do metro quadrado: descubra o que é metro linear, sua importância e como calcular!
  • Tipos de argamassa, diferenças do cimento e mais: saiba como fazer o cálculo da argamassa!

Tipos de solo: a importância do estudo do solo em uma obra

 

Antes de conhecer quais são os tipos de solo, vamos relembrar a importância dessa análise em uma obra.

Problemas de fundação no solo podem impactar de forma grave seu projeto, durante e após a construção.

Um exemplo famoso são os prédios tortos na orla de Santos (SP).

Eles inclinaram ao longo do tempo porque as construtoras responsáveis pelas obras fizeram os alicerces sem a profundidade necessária.

De acordo com o tipo do solo no local, as fundações deveriam ter, no mínimo, 55 metros. Para se ter uma noção do problema, o Edifício Nuncio Malzoni foi construído com alicerces de apenas 1,5 de profundidade.

Em 2011, a inclinação do edifício foi corrigida com a utilização da técnica de reaprumo.

Tipos de solos: edifícios na orla de Santos

Tipos de solo: edifícios na orla de Santos

Infelizmente, o estudo do solo ainda é negligenciado em alguns casos, devido ao custo ou tempo necessário para conclusão.

Um dos tipos de levantamentos mais importantes é o SPT (Standard Penetration Test ou Ensaio de Sondagem à Percussão).

Além dos tipos de solo, ele também mede o nível de água, informação essencial para entender as condições do solo para receber a obra.

Tipos de solos: SPT

Tipos de solo: SPT

O que é o solo?

 

Solo é a parte desagregada que está na superfície de um determinado relevo.

Ele é composto por sedimentos, que podem ser orgânicos (microrganismos) ou inorgânicos (areia, argila, óxido de ferro, silte, entre outros).

Outra característica dos tipos de solo é que eles se transformam o tempo todo, e essas mudanças vão depender de fatores como o clima, a localização, os organismos que vivem neles, o material de origem e o relevo.

Tipos de solo: cores

 

Tipos de solos: cores do solo

Tipos de solo: cores do solo

Tipos de solo têm uma concentração diferente de materiais orgânicos ou outros elementos, que acabam influenciando na sua tonalidade.

A maior parte dos solos pode ser classificada em 3 grupos:

Avermelhados e amarelos

 

Esse tipo de solo indica forte presença de óxido de ferro. É o caso da chamada Terra Roxa, muito presente nas regiões sudeste e centro-oeste do Brasil.

Tipos de solos: Terra Roxa

Tipos de solo: Terra Roxa

Escuros

 

Os solos escuros indicam a forte presença de materiais orgânicos. Um exemplo é a Terra Preta, que contém muito humus.

Trata-se de uma matéria orgânica composta pela decomposição de animais e plantas mortas.

Por esse motivo, ele é considerado muito fértil, ideal para o plantio de diversas espécies de vegetais.

Tipos de solos: Terra Preta

Tipos de solo: Terra Preta

Claros

 

Esse tipo de solo indica pouca quantidade ou ausência de materiais orgânicos. Um exemplo simples é a areia.

Tipos de solos: areia

Tipos de solo: areia

Quer aprender como projetar uma casa no litoral? Confira: Projeto de casa de praia: 9 dicas práticas para evitar erros

Quais são os 3 tipos de solo usados na construção civil?

 

Solo Argiloso

 

Entre os tipos de solo, esse é o predominante no Brasil.

Historicamente, o solo argiloso foi utilizado na construção das famosas edificações de taipa (de casas a igrejas).

Esse tipo de solo também tem importância econômica, já que é uma das matérias primas utilizadas na fabricação de azulejos, tijolos, telhas e pisos cerâmicos.

O solo argiloso é o mais fino entre os tipos de solo, pois a argila é uma substância com partículas muito pequenas.

Tipos de solos: canteiro de obras com solo argiloso

Tipos de solo: canteiro de obra com solo argiloso

Essas partículas se ligam facilmente entre si, em um processo chamado ligação molecular. É por isso que a argila é um material consistente, usado até mesmo na confecção de esculturas e outros objetos.

Devido a essa característica, os terrenos com esse tipo de solo são os mais seguros para a construção civil.

Solo Siltoso

 

Esse tipo de solo é quase que um intermediário entre o argiloso e o arenoso. O silte também é uma substância com partículas pequenas, mas sua ligação molecular não é tão forte como a da argila.

Tipos de solo: solo siltoso

Tipos de solo: solo siltoso

Devido a essa característica, ele não é muito interessante na construção. Quando ele está presente em uma obra, é importante contar com a ajuda de um geólogo para identificar as possibilidades no terreno.

O solo siltoso é pouco encontrado em seu estado puro, geralmente ele é identificado em mistura com o solo argiloso ou arenoso.

Solo Arenoso

 

Quando colocamos um punhado de areia na mão, ela atravessa entre os dedos, não é mesmo?

Isso acontece porque entre as partículas de areia não existe uma ligação molecular.

Para que ela possa se estabilizar, é necessário utilizar outras substâncias. Devido a essa característica, entre os tipos de solo, o solo arenoso é o mais permeável.

Tipos de solos: solo arenoso

Tipos de solo: solo arenoso

O solo arenoso requer fundações mais profundas com estacas, geralmente de aço ou concreto armado, para garantir a segurança da edificação.

Importante: quando falamos de tipos de solo, esses são os principais, mas não são os únicos.

Cada país tem um clima, relevo e outras características geográficas próprias, o que faz com que os tipos de solo também sejam diferentes.

Confira agora os principais tipos de solo brasileiros:

Tipos de solo brasileiros

 

  • Terra Roxa
Tipos de solos: terra roxa ou avermelhada

Tipos de solo: terra roxa ou avermelhada

Regiões com maior presença: Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

  • Massapé
Tipos de solo: Massapé

Tipos de solo: Massapé

Regiões com maior presença: Nordeste.

  • Salmorão
Tipos de solo: Salmorão

Tipos de solo: Salmorão

Regiões com maior presença: Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

  • Aluviais
Tipos de solo: Aluviais

Tipos de solo: Aluviais

Regiões com maior presença: é distribuído por diversos pontos do país.

Entender os tipos de solo é só o começo para garantir um trabalho impecável na construção. Se você quer aprender como gerenciar uma obra, receba nosso material e confira nossas dicas práticas: