OLED vs LED: qual será o futuro da iluminação?

Ao longo dos anos o setor de iluminação tem evoluído graças à introdução do LED no mercado. Porém o cenário da tecnologia de iluminação em LED ainda será muito mais eficiente.

Depois do LED, uma nova tecnologia promete revolucionar o design de iluminação: trata-se do OLED, um sistema de painéis que emitem luz regular e difusa.

amoled-vs-oled-iluminacao-com-oled

oled vs led: Iluminação com OLED

No atual cenário de iluminação, o LED pode ser utilizado em praticamente todos os segmentos. Sua tecnologia tem se tornado cada vez mais eficiente, pois é possível manter um alto fluxo luminoso com redução da potência, diminuindo assim os custos de energia.

Porém, em termos de inovação, estamos para o OLED hoje como estávamos para o LED há cinco anos. O custo deve baixar gradativamente, assim como ocorreu com seu antecessor.

O que é LED – Diodo emissor de Luz

 

O LED deriva do nome em inglês light emitting diode. Trata-se de um pequeno ponto, do tamanho de um grão de areia, com capacidade de gerar luz através de fios condutores.

O componente mais importante de um LED é o chip semicondutor, que é o responsável pela geração da luz. Este chip tem dimensões muito reduzidas.

Na imagem abaixo apresentamos um LED de alta potência, em que podemos observar a maior complexidade nos componentes se comparar a uma lampada incandescente, por exemplo. Esta tecnologia serve para garantir uma melhor performance em aplicações que exigem maior confiabilidade.

o-que-e-led-componentes

o que é led: componentes do LED

A tecnologia em LED veio para ficar e revolucionar todos os sistemas de iluminação. Porém já se passaram mais de 10 anos que as primeiras lâmpadas com sistema LED foram colocadas no mercado, e deste então outras tecnologia foram descobertas, como o OLED.

Quer saber mais sobre o LED? Confira:

AMOLED, OLED E PMOLED: as novas tecnologias

 

OLED – Diodo emissor de Luz Orgânico

 

O OLED é um componente orgânico encapsulado entre lâminas de vidro. Com a passagem da corrente elétrica, ocorre a eletroluminescência, assim como no LED.

A principal diferença é que o LED orgânico (OLED) não é um ponto, mas uma superfície.

amoled-vs-oled-componentes-oled

oled vs led: componentes do OLED

A estrutura de um OLED é um pouco parecida com a de um sanduíche. As camadas orgânicas são posicionadas entre dois eletrodos planos, que são cerca de cem vezes mais finos que um fio de cabelo humano e invisíveis a olho nu.

Quando se faz uma corrente elétrica passar através delas, as moléculas nas camadas orgânicas começam a brilhar.

Vantagens do OLED

 

Uma das vantagens do OLED é o fato de ser uma fonte luminosa plana, além da possibilidade de ser produzido em versão maleável.

Como ele utiliza camadas de material plástico em vez de vidro transparente, sua luz é distribuída pela superfície de uma forma em que não gera ofuscamento.

oled-vs-led-paineis

oled vs led: Iluminação com painéis OLED

Na iluminação os OLEDs de cor branca emitem uma luz branca, brilhante mais uniforme e mais eficiente do que aquela emitida pelas lâmpadas fluorescentes.

Os OLEDs brancos também têm a qualidade das cores reais das lâmpadas incandescentes (IRC de 100%).

Como os OLEDs podem ser feitos em folhas grandes, eles podem substituir as lâmpadas fluorescentes que são usadas atualmente em casas e prédios. Seu uso poderá reduzir potencialmente os custos de energia com a iluminação com OLEDs.

No Brasil as primeiras luminárias devem chegar em breve.

Até agora, o dispositivo tem sido aplicado apenas em peças nas quais a necessidade de clarear é secundária, como lanternas decorativas e espelhos. Há protótipos de utilização em sinalizações e em tetos solar de automóveis.

oled-vs-led-painel-flexivel

oled vs led: Iluminação com painéis flexíveis OLED

A Flexibilidade é o que torna o OLED uma opção extremamente interessante. As diferentes possibilidades de formas, tornam-se uma vantagem para designers da iluminação.

Em um futuro previsível pode ser até possível utilizar os OLEDs, por exemplo, como uma espécie de segunda camada sobre papel de parede, tetos ou janelas.

Quer se tornar um designer de iluminação? Confira nosso curso gratuito:

curso-light-design

AMOLED – Matriz-Ativa de Emissão de Luz Orgânica por Diodos

 

Na iluminação de telas, o que antigamente era apenas um display LCD, hoje pode ter diodos de emissão de luz (LED) para fazer com o brilho seja maior.

Esses diodos podem ser orgânicos (OLED) e podem ainda contar com matrizes ativas (AMOLED) ou passivas (PMOLED).

amoled-vs-oled-componentes-amoled

amoled vs oled: Componentes do AMOLED

Essa sequência de camadas faz com que os pixels de uma tela sejam ativados e desativados três vezes mais rápido que em outras telas. Com isso, há uma maior fluidez para exibir filmes, vídeos e jogos.

 

OLED vs LED

 

OLED vs LED: vantagens do OLED

 

A grande diferença entre LED e OLED, é que o OLED permite que uma superfície inteira emita luz uniforme, em vez de apenas um ponto.

Assim, pela primeira vez as pessoas não precisam de um sistema para difundir a luz. A própria OLED é capaz de fazer isso.

Outra diferença é que o OLED emite luz através de correntes elétricas usando componentes orgânicos. Não emitem raios UV, enquanto o LED emite uma pequena parcela.

Sua vantagem está no baixo consumo de energia para produzir luz, já que os resíduos que o OLED gera são quase que totalmente reaproveitados, sendo, por consequência, considerada uma tecnologia ecologicamente limpa.

O Oled está sendo estudado para ser aplicado onde o LED ainda é frágil, como por exemplo o Oled consegue emitir uma luz suave, sem sombra e com brilho controlado, algo que o LED só alcança com difusores. Isso o torna o OLED uma melhor escolha para iluminação.

OLED vs LED: vantagens do LED

 

A ideia principal do OLED é aumentar a gama de produtos ecológicos. Porém, algumas limitações técnicas impedem que ela seja disponível no formato das lâmpadas convencionais: o OLED é um painel chapado, o que difere do LED.

Hoje também o OLED é muito mais caro, tem uma vida útil pequena e sua intensidade luminosa é muito menor.

Além disso, a tecnologia ainda não está apta a emitir outras cores. Quando estamos falando de eficiência e longevidade, o LED ainda é a melhor opção.

Na iluminação, muitos passos significativos estão sendo dados com as novas tecnologias.

Os OLEDs criam um mundo de possibilidades com enorme potencialidade de revolucionar o setor de iluminação. Portanto, devemos nos preparar e adquirir o máximo de conhecimento sobre estas tecnologias que irá revolucionar nossas vidas no futuro.

O que achou do OLED? Compartilhe as suas ideias com a gente!

Confira outros posts sobre iluminação:

Esse conteúdo foi desenvolvido pela Ilunato, loja virtual de iluminação e decoração criada para atender profissionais. Conheça e se surpreenda com o nosso programa de especificadores parceiros.