Photoshop para arquitetos: Veja as vantagens na hora da renderização

Já reparou como as imagens dos projetos produzidos pelos grandes escritórios são tão incríveis? Para entender como esta pós-produção funciona, vamos explicar a importância do Photoshop para arquitetos e como ele pode nos auxiliar em nosso processo de representação.

Para conseguir um resultado final ainda mais bacana, a imagem renderizada pelo V-Ray por exemplo, e que é tratada e editada no Photoshop permite agregar inúmeros elementos que humanizam seu projeto. Estes elementos permitem um entendimento conceitual do projeto além de sua ambientação e suas propriedades naturais.

Criado em 1990, pela Adobe, o Photoshop é simplesmente o melhor editor de imagem já criado na história e também o mais utilizado pelas empresas de publicidade, marketing, design, assim como a de arquitetura e design de interiores.

Com esta poderosa ferramenta, as imagens do seu projeto estarão ainda mais fáceis de ser compreendidas pelo cliente, dando uma agradável sensação de estar dentro dos ambientes juntamente com outras pessoas que irão usufruir de tal maneira no espaço projetado.

Neste post você vai ver como usar o Photoshop para arquitetura e até uma dica de como usar o Photoshop gratuito, para um período de avaliação.

photoshop-para-arquitetos-antes-e-depois-do-uso-casa

Photoshop para arquitetos: veja esse projeto antes e depois do Photoshop aplicado

O que é o Photoshop?

 

Você provavelmente já ouviu falar muito do software Photoshop, para editar as fotos das revistas, os cartazes e imagens de qualquer publicidade e diversos outros nichos em que ele é utilizado, mas o que ele faz de fato?

Se já ficamos impressionados com o resultado das imagens renderizadas pelo V-Ray, acredite, o Photoshop vai deixá-la ainda melhor. Sendo como principal objetivo, trazer a vida para sua imagem.

O melhor editor de imagens bidimensionais, ele é considerado o líder absoluto na escolha para tal fim. E o leque de possibilidades que o software propõe é de fato ilimitado. Utilizando os recursos do Photoshop para arquitetura, a imagem pode ser melhorada de diversas formas, seu contraste, sua nitidez, sombras e luzes, filtros de cor, matiz e muito mais.

A etapa de pós-produção de uma imagem muitas vezes é menosprezada pelos profissionais, mas pode agregar aquele detalhe diferencial que fará com que sua ideia seja melhor compreendida não só pelo cliente, mas para o próprio arquiteto ou design de interiores.

Através de diversas camadas (Layers) podemos de forma prática humanizar nossos renders, com a adição de escalas humanas, vegetação, veículos, reflexos, materiais e também permite uma foto inserção de seu projeto dentro de seu contexto e ambientação existentes na vida real!

Antes de prosseguir a leitura, dê uma olhada neste artigo: Como fazer uma maquete eletrônica: conheça os 10 programas que vão turbinar seus projetos

Como utilizar o Photoshop para realmente me ajudar nos meus projetos de arquitetura?

 

photoshop-para-arquitetos-antes-e-depois-do-uso-quarto

Photoshop para arquitetos: dê mais vida aos seus ambientes

O principal fator que irá te motivar a usar o Photoshop para arquitetos é a possibilidade de humanização das cenas renderizadas. Sem este software, ficaria extremamente complicado adicionar os elementos tão importantes para o entendimento do espaço.

Como nossos projetos sempre serão feitos para as pessoas, a necessidade do uso das escalas humanas pode ser um recurso fundamental para que a ideia e o conceito que se deseje passar seja muito bem compreendido.

Hoje podemos também facilmente tirar fotos panorâmicas a partir de nossos smartphones do terreno onde se planeja construir com sua respectiva vista. Ou até mesmo permitir adicionar a vista daquela cobertura que você está reformando e convencer o cliente do porquê das soluções adotadas.

Veja também o que é o SketchUp e como melhorar sua apresentação de projetos.

Outro benefício é a edição da imagem em seu mais completo sentido. Sendo desde a correção daquele problema que surgiu e você não havia notado e pode resolver com precisão. Como a utilização dos canais que o V-Ray produz e que ampliam ainda mais o controle de qualquer elemento da imagem de forma isolada.

Por exemplo, se você acabou de finalizar uma renderização de seu modelo, e percebeu que a cor da cadeira que escolheu não saiu exatamente como a do fornecedor, você poderá facilmente alterá-la pelo Photoshop. Otimizando imensamente seu tempo e evitando mais renderizações desnecessárias.

Outro software importante para arquitetos, conheça mais detalhes: Saiba o que é AutoCad e porque um escritório de arquitetura também deve contar com este programa

Qual o diferencial do Photoshop para arquitetura e porque eu devo usar?

 

photoshop-para-arquitetos-antes-e-depois-do-uso-sacada

Photoshop para arquitetos: use o PSD para um melhor tratamento das imagens

Sendo simplesmente o mais utilizado em todo o mercado que necessita de alguma edição de imagem bidimensional, o Photoshop para arquitetos é de longe o mais acessível e prático. O software a cada versão traz consigo ferramentas sempre aprimoradas e corrigidas caso necessário.

Com este editor, qualquer renderização vinda de qualquer software de modelagem tridimensional poderá ser tratada e melhorada. Ele suporta imagens em qualquer formato e também exporta imagens para diferentes fins. Como por exemplos arquivos .png ou .tiff que deixam a imagem sem o conhecido fundo branco.

Sua plataforma flexível trabalha muito bem com qualquer outro software além dos desenvolvidos pela própria Adobe, como o InDesign (melhor diagramador do mercado) ou Illustrator (melhor vetorizador do mercado) e com isso mostra sua força ao longo de tantos anos.

Outro diferencial é a possibilidade de valorizar seus desenhos técnicos de projeto.  Esta valorização ajuda também a trazer mais vida a suas plantas, cortes e elevações. Utilizando também os recursos dos Layers com a adição de elementos fundamentais como escalas humanas, vegetação e tantos outros.

Os desenhos passarão a ter um compreendimento ainda melhor, sendo a sua representação aprimorada e levando sempre em questão a plástica, o peso gráfico, as entradas de luz e sombras, e também a adição de paisagismo tendo um diferencial impressionante em seus projetos.

Podemos dizer que sem o Photoshop para arquitetos não existiria o conceito de pós-produção nas imagens de nossos projetos de arquitetura e design de interiores. Sendo inúmeros os diferenciais de qualquer outro editor que possa existir no mercado. Sempre se mostrando inovador em suas atualizações, esta ferramenta é essencial para nossos projetos terem um resultado impressionante!

Tem outro excelentes Softwares além do Photoshop para arquitetura, veja: Os 12 melhores programas para arquitetura: crie projetos fantásticos para encantar seus clientes

Photoshop online

Atualmente o Photoshop, assim como todos os programas da Adobe, são comercializados online, na forma de SaaS, isto é: Softwares vendidos como assinaturas de um serviços mensal (Software as a Service, em inglês).

E isso é extremamente vantajoso, porque você não precisa pagar uma licença caríssima de uma vez, você paga uma taxa mensal bastante acessível e pode cancelar quando quiser.

Além disso, não precisa comprar uma nova licença a cada atualização, isso ocorre automaticamente toda vez que houver uma melhoria. E mais, todos os eventuais “bugs” que sempre aparecem nos programas são corrigidos da mesma forma, pela nuvem.

Você pode baixar uma versão de avaliação agora mesmo, e usar o Photoshop grátis por um curto período de teste, neste link: Photoshop CC

Photoshop para arquitetos: qual o próximo passo depois que entendi a importância da ferramenta?

 

photoshop-para-arquitetos-comece-a-usar

Photoshop para arquitetos: comece a usar

A partir de suas imagens humanizadas e desenhos valorizados, a próxima etapa é a diagramação do material, ou seja, a disposição deles para possibilitar uma bela apresentação. Esta apresentação poderá ser digital (apresentação de slides) ou física (apresentação impressa).

Neste momento, uma boa diagramação permite a leitura mais clara do projeto em todo seu contexto. Sendo a combinação de todos os desenhos, imagens pós-produzidas, suas referências, conceitos, cores, e tudo mais terão que ser organizados e muito bem posicionados conforme a importância e peso.

Para esta etapa o diagramador que mais é utilizado no mercado é justamente o InDesgin, também da Adobe. Igualmente como Photoshop, é um software prático e dinâmico em suas ferramentas, sendo seu principal diferencial o link com seu respectivo conteúdo.

Este link faz com que o arquivo seja sempre leve de se manipular pois o conteúdo não é agregado ao arquivo de fato. Deixando uma pré-visualização que só estará em alta resolução quando for gerado o PDF final.

A diagramação do InDesign permite também o relink do conteúdo, tornando as alterações e atualizações imensamente rápidas, o que é algo essencial para uma diagramação. Outro fator diferencial é a estruturação da malha da diagramação antes mesmo do conteúdo ser produzido, da mesma forma que uma crônica de jornal, onde o texto pode se adaptar ao espaço já pensado na diagramação.

Esse post foi escrito por Dimitri Iurassek, formado em arquitetura e urbanismo pelo Mackenzie, pós-graduado pela Escola da Cidade, sócio-proprietário do Laboratório de Ideias e fundador do portal Arquivo Arq.

Veja mais dicas de programas para arquitetura em nosso blog: