Conheça a incrível história de Rem Koolhaas: o arquiteto e professor que fundou o OMA

O holandês Rem Koolhaas é um teórico, professor e projetista. Ele construiu sua reputação nos anos 90, mas ainda está presente no cenário da arquitetura atual.

É um profissional bastante ousado e criativo. E talvez por isso já tenha sido considerado pela Revista Time como uma das pessoas mais influentes do mundo.

A arquitetura não tem que estar relacionada apenas com a beleza e a estética, mas também com a ação política […] A mim nunca interessaram tanto as formas como o fato de poder interferir na sociedade.

– Rem Koolhaas.

rem-koolhaas-cctv-sede

Rem Koolhaas: Prédio CCTV

Recentemente, em um congresso realizado na Espanha, Rem Koolhaas chegou a mencionar o quanto se preocupava com os desafios da era digital.

Ele destacou que havia uma tendência de se projetarem espaços cada vez mais industriais e robotizados, sem pensar nas pessoas, em suas necessidades.

O trabalho de Rem Koolhaas tem trilhado um caminho oposto, o que tem chamado atenção do público.

Veja a biografia de outros arquitetos famosos:

  • Conheça a vida e a obra de Benedetta Tagliabue, arquiteta que trouxe uma nova perspectiva para Barcelona
  • Wang Shu: o arquiteto que resgata a arte tradicional chinesa mesclando com o estilo contemporâneo
  • Bijoy Jain: o arquiteto criador de obras que resgatam os valores culturais de seu povo

Rem Koolhaas: uma biografia com vários cenários

Rem Koolhaas viveu na Indonésia entre os anos de 1952 e 1956.

Quando voltou ao seu país, trabalhou um tempo como jornalista e também como cenógrafo de filmes.

A partir do ano de 1968, Rem Koolhaas se instalou em Londres, passando a frequentar a Architectural Association School, participando de estudos como o “Exodos”.

Nos anos 70, Rem Koolhaas fundou, com Madelon Vriesendorp, Elia e Zoe Zenghelis o Office for Metropolitan Architecture, ou OMA.

O atelier experimental acabou ajudando na formação de famosos talentos, como Zaha Hadid, Bjarke Ingels e Jeanne Gang.

E, ao longo do tempo, operou em diversas áreas como arquitetura, mídia, política, energia renovável e moda.

Instituições onde Rem Koolhaas lecionou:

  • Columbia University;
  • AA de Londres;
  • Universidade Técnica de Delft;
  • Em Harvard, lecionou “Arquitetura e Desenho Urbano” e conduziu o “Projeto na Cidade”.

Conheça também a história de Denise Scott Brown, arquiteta que também lecionou em Harvard.

Em 2005, foi vez de ele ajudar na fundação da revista de arquitetura “Volume Magazine”, juntamente de Mark Wigley e Ole Bouman.

Foram tantas boas contribuições que Rem Koolhaas deu para o ensino e prática de arquitetura que, em 1994, o MOMA realizou uma exposição em sua homenagem.

Neste mesmo ano, Rem Koolhaas recebeu a honra de participar de um grande planejamento urbano francês, o “Euralille”.

Rem Koolhaas: Euralille

Rem Koolhaas: Euralille

Foi graças a isso que Rem Koolhaas ganhou mais notoriedade no mercado. Depois disso, ele foi prestigiado com vários prêmios.

Principais premiações de Rem Koolhaas:

  • Pritzker;
  • Mies van Der Rohe;
  • Imperiale;
  • Chevalier de Légion d’honneur;
  • Leão de Ouro da Bienal de Veneza;
  • Medalha Real de Ouro;
  • Doutor Honoris Causa pela Universidade Católica de Leuven.

Rem Koolhaas: projetos que modificam o modo de vida das pessoas

Penso que temos que olhar de outro modo para a disciplina da arquitetura em relação ao mundo. Se há várias possibilidades entre fazer mudanças no mundo e deixá-lo como está, o arquiteto está sempre do lado da mudança.

– Rem Koolhaas.

Cada obra de Rem Koolhaas é única.

O arquiteto passou toda a sua carreira elaborando projetos visando modificar positivamente o modo de vida das pessoas.

Rem Koolhaas vem fazendo pontes entre a tecnologia e o humanismo, estudando conceitos modernos, como o desconstrutivismo, mas evitando ficar preso a qualquer convenção pré-estabelecida.

É muito importante que não estejamos despreparados ao nos lançarmos em um projeto.

– Rem Koolhaas.

As estruturas dos edifícios de Rem Koolhaas são bastante marcantes.

Apesar das formas concretas, parecem desafiar a realidade.

Materiais do cotidiano, como o concreto e o plástico, são manipulados majestosamente.

Até os programas mais simples viram layouts dinâmicos e belos, como é o caso da Maison Bordeaux, concluída por Rem Koolhaas em 1998.

Por isso, sua arte tem sido considerada visionária – esquisita, mas inspiradora.

Obras marcantes do arquiteto Rem Koolhaas

Ao longo dos anos Rem Koolhaas realizou projetos em diversos países ao redor do globo, como Holanda, França, Coréia e Japão.

Ele participou de vários concursos e acumulou uma série de contratos, desde os menores, como da Maison Bordeaux, até os maiores, como da sede da CCTV em Pequim.

Rem Koolhaas: Maison Bordeaux

Rem Koolhaas: Maison Bordeaux

A primeira comissão independente de Rem Koolhaas saiu em 1998, com o prédio McCormick Tribune Campus Center para o Instituto de Tecnologia de Illinois.

Rem Koolhaas: McCormick Tribune Campus Center

Rem Koolhaas: McCormick Tribune Campus Center

Com o OMA, Rem Koolhaas participou de projetos de arquitetura e urbanismo.

Entre os primeiros está a delegacia de Almere-Haven e o Netherlands Dance Theater, em Haia.

Rem Koolhaas: Netherlands Dance Theatre

Rem Koolhaas: Netherlands Dance Theatre

Mas, a obra que fez Rem Koolhaas ganhar reconhecimento internacional foi a Biblioteca de Seattle, em 2004.

Rem Koolhaas: Biblioteca de Seattle

Rem Koolhaas: Biblioteca de Seattle

Outras obras notórias de Rem Koolhaas:

  • O Educatorium, nos Países Baixos;
Rem Koolhaas: Educatorium

Rem Koolhaas: Educatorium

  • A Dutch House, na Holanda;
Rem Koolhaas: Dutch House

Rem Koolhaas: Dutch House

  • O Nexus Housing, no Japão;
Rem Koolhaas: Nexus Housing

Rem Koolhaas: Nexus Housing

  • A Villa dall’Ava, na França.
Rem Koolhaas: Villa Dall’Ava

Rem Koolhaas: Villa Dall’Ava

Rem Koolhaas pode ter participado do projeto e execução de várias obras de arquitetura e urbanismo, mas foi por meio da escrita que ele primeiro expressou as suas ideias.

Enquanto estava nos Estados Unidos, Rem Koolhaas escreveu o livro Delirious New York.

O texto fala sobre uma sociedade moderna através de uma metáfora – “a cultura do congestionamento”.

Os episódios acabaram revelando sua mente criativa ao mundo.

Professor, escritor, jornalista, arquiteto.

Podemos ver que Rem Koolhaas é um homem que domina diversas áreas do conhecimento, o que é fundamental para conquistar seus clientes.

Quer ser um exemplo de sucesso também? Conheça o Ciclo do Encantamento, material desenvolvido para arquitetos e designers que querem dar um UP na carreira: