Conheça a arquitetura mexicana: onde o tradicional e o moderno se encontram

A arquitetura é um dos aspectos mais marcantes da cultura e da história de um local. Assim como em diversos países, a arquitetura mexicana se caracteriza por uma forte autenticidade, marcada por uma forte influência histórica e cultural bastante complexa.

arquitetura-mexicana-cidade-do-mexico

arquitetura mexicana: cidade do méxico

Podemos observar várias tendências da história da arte espalhadas pela charmosa Cidade do México, como elementos da Art Noveau, Art Decó, colonial e neoclássica. Tamanha é a relevância das obras, que dez regiões foram tombadas como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, considerada uma das nações mais ricas em elementos culturais, artísticos e arquitetônicos.

Reunimos as principais características da arquitetura mexicana desde o século XIX até hoje e apresentamos nesta postagem, para que você possa admirar cada detalhe desse verdadeiro legado para a humanidade.

O Brasil também conta com um legado arquitetônico reconhecido mundialmente, conheça um pouco dessa história: Como a arquitetura moderna brasileira mudou a cara do país

Arquitetura mexicana: tradição e modernidade

 

Influências das mais diversas e profissionais de renome fazem da arquitetura mexicana um exemplo de respeito a diversos legados, sem deixar de se aproveitar de novos conceitos, inovando com muita criatividade.

Arquitetura Mexicana colonial – principais características e influências

 

No México colonial (período que vai do século XVI ao XIV) foram construídos mais de 15 mil templos e em torno de trinta catedrais levantadas pela igreja católica. Boa parte dessas construções foram erguidas com mão de obra indígena e deram início as técnicas espanholas na arquitetura mexicana, destacando-se as capelas abertas como as primeiras construções e as mais influentes nesse período.

arquitetura-mexicana-palacio-postal

arquitetura mexicana: palácio postal

O século XVIII foi marcado pela diversidade e a mescla de várias novas culturas, sobretudo da Itália e da França, que agregaram suas características a arquitetura mexicana, como o estilo neoclássico representado no edifício dos Correios (Palácio Postal) e do Palácio de Chapultepec, com influência de diversas correntes modernistas da época.

arquitetura-mexicana-palacio-de-chapultepec

arquitetura mexicana: palácio de chapultepec

arquitetura-mexicana-palacio-de-chapultepec-jardins

arquitetura mexicana: palácio de chapultepec jardins

A cidade Mérida é outro centro arquitetônico de destaque e reúne importantes construções da arquitetura mexicana colonial, com fortes influências francesas. Ao visitar a cidade, é possível admirar construções como a Catedral de San Ildefonso, considerada uma das mais antigas da América, e a casa da família Montejo, que pertenceu ao fundador da cidade, Francisco Montejo.

arquitetura-mexicana-catedral-de-san-ildefonso

arquitetura mexicana: catedral de san ildefonso

arquitetura-mexicana-casa-de-montejo

arquitetura mexicana: casa de montejo

Ao falarmos sobre a arquitetura colonial mexicana, não podemos esquecer da exuberante cidade de Oaxaca. O destaque nas construções da cidade é que a essência dos monumentos históricos permanece inalterada, em meio à novas construções.

arquitetura-mexicana-catedral-oaxaca

arquitetura mexicana: catedral oaxaca

A catedral de Oaxaca levou 19 anos para ser construída e, atualmente, está entre as edificações mais belas do México, reunindo uma coleção de joias valiosas e arte sacra. Outros templos também merecem destaque na cidade, como o Convento de Santo Domingo de Guzmán e a igreja de San Felipe Neri, ambos com forte influência da arquitetura barroca e dos religiosos espanhóis.

arquitetura-mexicana-santo-domingo-de-guzman

arquitetura mexicana: santo domingo de guzmán

arquitetura-mexicana-santo-domingo-de-guzman-interior

arquitetura mexicana: santo domingo de guzmán interior

arquitetura-mexicana-san-felipe-neri

arquitetura mexicana: san felipe neri

Também considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, a cidade de Puebla é um marco na arquitetura colonial espanhola. As ruas estreitas são cercadas por casas coloniais coloridas muito charmosas, que representam a diversidade cultural e artística da região.

arquitetura-mexicana-puebla

arquitetura mexicana: puebla

Já pensou em expandir seus conhecimentos estudando arquitetura em outros países? Um intercâmbio de arquitetura no exterior pode ser uma ótima ideia!

A construção da identidade nacional na arte e nas características da arquitetura mexicana

 

Frida Kahlo e Diego Rivera estão entre os principais artistas mexicanos que revolucionaram o século XX e trouxeram através de suas obras uma identidade única ao país, que sempre teve interferências culturais do exterior e pouca representatividade nacional.

Diego teve a ideia de construir uma casa para ele e Frida e pediu a ajuda do amigo e arquiteto Juan O’Gorman. A perdido de Rivera, ele incluiu dois ateliês, um em cada casa. Atualmente o espaço é sede do Museu Casa Estúdio. Na época, a construção foi referência na arquitetura funcionalista e um dos primeiros projetos desse segmento na América Latina.

arquitetura-mexicana-casa-museu-frida-kahlo-e-diego-rivera-frente

arquitetura mexicana: casa museu frida kahlo e diego rivera frente

Embora seja um projeto que fortalece a cultura mexicana, é possível observar forte influência dos pontos da arquitetura moderna de Le Corbusier na estrutura da casa, com destaque para as grandes janelas retangulares, terraço aberto, pilotis (colunas) e áreas amplas no térreo. O projeto possui duas casas independentes que são interligadas por uma passarela.

arquitetura-mexicana-casa-museu-frida-kahlo-e-diego-rivera-terraco

arquitetura mexicana: casa museu frida kahlo e diego rivera terraço

O interessante da construção é que embora possua forte influência da arquitetura moderna, as características nacionais foram exaltadas na diversidade das cores e na exposição das plantas nativas como os cactos que emolduram toda a fachada.

arquitetura-mexicana-casa-museu-frida-kahlo-e-diego-rivera-cactos

arquitetura mexicana: casa museu frida kahlo e diego rivera cactos

A representatividade nacional está também no interior do museu, que possui artesanatos mexicanos e os principais quadros do casal. Rivera pintou no estúdio 3 mil quadros.

Por falar em quadros, você sabia que Burle Marx queria ser pintor? Confira: Roberto Burle Marx: a natureza organizada pelo o homem

Destaques na arquitetura Mexicana moderna e contemporânea

 

Teodoro Gonzalez

 

Alguns arquitetos merecem destaque na arquitetura contemporânea do México, como Teodoro Gonzalez de Léon, que tem como influência em seus projetos o movimento moderno, sobretudo de Le Corbusier. Uma de suas construções foi a clínica do IMSS na cidade de Toluca.

arquitetura-mexicana-teodoro-gonzalez-imss

arquitetura mexicana: teodoro gonzález imss

A presença do pilotis e o concreto à mostra foram predominantes em vários trabalhos. Outros edifícios, como o Arcos Bosques Corporativo e a Embaixada do México, em Berlim, foram edificações bastante representativas do arquiteto.

arquitetura-mexicana-teodoro-gonzalez-torres-arcos-bosques

arquitetura mexicana: teodoro gonzález torres arcos bosques

Nesses projetos, adotou a mistura de elementos como o mármore e o concreto e aderiu a ideia de construções fincadas ao chão, na ausência do pilotis. Embora sejam construções com aspecto mais pesado por conta do concreto aparente, o destaque ficou para o contraste entre as luzes. Quando é dia, o sol evidencia os vidros. Durante a noite, as luzes internas são acesas e trazem uma nova perspectiva à edificação.

arquitetura-mexicana-teodoro-gonzalez-embaixada

arquitetura mexicana: teodoro gonzález embaixada

arquitetura-mexicana-teodoro-gonzalez-embaixada-noite

arquitetura mexicana: teodoro gonzález embaixada noite

Ramírez Vázquez

 

O arquiteto Pedro Ramírez Vázquez também marcou seu estilo em várias construções marcantes na arquitetura mexicana moderna. O Museu Nacional de Antropologia é destaque no mundo inteiro e um dos projetos vanguardistas mais importantes do país.

arquitetura-mexicana-ramirez-vazquez-museu-antropologia

arquitetura mexicana: ramírez vázquez museu antropologia

A edificação, construída em nove meses, possui formas arrojadas e únicas. A ideia prioritária do arquiteto era se afastar das influências europeias na construção do museu e acrescentar características da cultura mexicana. Inspirado nas formas do Cuadrángulo de las Monjas, em Uxmal, criou volumes nos arredores que são interconectados por aberturas amplas que trazem ar fresco aos visitantes.

O imenso guarda-chuva central sustentado por um pilar revestido de bronze é o destaque criativo dessa obra, com intuito de proteger os visitantes contra possíveis chuvas. Para suavizar e trazer conexão com a natureza, é possível contemplar a cascata artificial. Os jardins se unem à arquitetura e as obras, tornando todos os elementos interconectados.

arquitetura-mexicana-ramirez-vazquez-museu-antropologia-guarda-chuva

arquitetura mexicana: ramírez vázquez museu antropologia guarda-chuva

Conhecer a arquitetura ao redor do mundo é muito importante no trabalho de um profissional da área. Mas outros tipos de conhecimento também são necessários para garantir o sucesso de seu escritório, como o marketing.

Conheça o Viva Decora PRO Academy, um site de cursos online para capacitar arquitetos que querem conquistar cada vez mais clientes.