Como criar hortas urbanas? Veja 16 exemplos que deram certo

Hortas Urbanas são aquelas cultivadas em um espaço coletivo ou doméstico em áreas urbanas.

Trata-se de umas das atividades que englobam a agricultura urbana, que tem como principais objetivos facilitar a distribuição dos alimentos nas cidades, diminuir o consumo de agrotóxicos e contribuir com o meio ambiente.

Criar um projeto de horta urbana pode mais ser fácil do que você imagina. Quer descobrir como fazer? Neste artigo, vamos detalhar o que são hortas urbanas, suas vantagens e mostrar 16 exemplos práticos e criativos. Acompanhe!

O que é uma horta urbana?

Horta Urbana é uma horta cultivada em espaço coletivo (as chamadas hortas comunitárias) ou doméstico (dentro de casas e apartamentos).

As hortas urbanas desmistificam aquela ideia de que hortas só dão certo em propriedades rurais.

Uma horta urbana pode ocupar pequenos ou grandes espaços horizontais ou ser plantada verticalmente com o auxílio de garrafas pet, vasos, canos, latas, entre outros materiais.

Quando falamos de hortas urbanas comunitárias, elas podem ser criadas em praças, parques ou terrenos abandonados.

Hortas Urbanas: exemplo de horta urbana

Hortas Urbanas: exemplo de horta urbana

Veja também: Você sabe o que é mobilidade urbana e qual o seu impacto na arquitetura?

Quais são os benefícios das hortas urbanas? Veja 6 vantagens 

 

1- Economia na compra de vegetais e legumes

A primeira vantagem das hortas urbanas é a economia no consumo de alimentos essenciais para uma alimentação saudável.

Principalmente em regiões mais carentes, a presença de hortas urbanas muda o estilo de vida da comunidade e traz mais saúde para a população.

2- Consumo de alimentos livres de agrotóxicos

Pesquisas sobre o uso de agrotóxicos apontam que o Brasil é um dos países que mais utilizam pesticidas no mundo. Em 2019, o Governo Federal liberou o uso de mais 42 agrotóxicos no país.

Diante desse contexto, a criação de hortas urbanas torna-se ainda mais importante para os brasileiros. Essa é uma forma de garantir que os legumes e vegetais consumidos não prejudiquem a saúde a longo prazo.

Hortas Urbanas evitam o consumo de vegetais com agrotóxicos

Hortas Urbanas evitam o consumo de vegetais com agrotóxicos

3- Melhora do microclima

As horas urbanas ajudam a melhorar o microclima tanto nas ruas como dentro de casa. O pulmão agradece!

Veja também: Conheça as 18 árvores nativas brasileiras mais importantes (e incríveis!)

4- Recuperação de área degradadas

Grande cidades sofrem com a degradação de espaços públicos abandonados. As hortas urbanas comunitárias são uma solução simples para esse problema.

Além de contribuir com a revitalização de terrenos inutilizados, as hortas urbanas deixam as cidades mais bonitas e agradáveis, contribuindo para a saúde física e mental dos moradores.

Um exemplo desse trabalho é a primeira hora urbana da cidade de Maceió (AL), localizada no Loteamento Nascente do Sol, em Benedito Bentes.

A área recuperada era frequentemente utilizada para o descarte irregular de resíduos sólidos, como lixo domiciliar e materiais de construção civil.

Hortas Urbanas: primeira colheita da Horta Urbana em Maceió

Hortas Urbanas: primeira colheita da Horta Urbana em Maceió

5- Conscientização da comunidade sobre propriedades coletivas

O fato é que grande parte das pessoas não têm consciência de que os espaços públicos precisam ser ocupados para o benefício próprio da população.

A criação de hortas urbanas comunitárias traz um senso de união e mostra a importância das propriedades coletivas.

6- Geração de empregos

A maioria das hortas comunitárias urbanas sobrevive com a ajuda de voluntários, porém existem algumas cooperativas de agricultura que geram empregos.

Como fazer um projeto de horta comunitária urbana?

  1. Peça autorização aos proprietários do terreno
  2. Verifique se o local recebe sol e tem fácil acesso à água
  3. Pense na fertilidade do solo
  4. Faça a limpeza do local
  5. Defina a disposição de canteiros, vasos e suportes
  6. Escolha os vegetais para o plantio

Se interessou em criar um projeto de horta urbana comunitária na sua cidade?

Veja o passo a passo de como criar hortas comunitárias urbanas:

1- Peça autorização aos proprietários do terreno

O primeiro passo para criar um projeto de horta comunitária é identificar os proprietários do terreno e pedir autorização.

Caso o espaço seja público, entre em contato com a prefeitura da sua cidade para conferir as exigências para criação de hortas urbanas.

É necessário que a solicitação seja feita por um grupo organizado de pessoas que tenham uma proposta articulada.

A prefeitura da cidade fará uma avaliação do terreno e do nível de engajamento das pessoas para a criação da horta urbana.

Tem uma área verde no seu condomínio que daria uma ótima horta urbana? Converse com o síndico e com os condôminos para iniciarem um projeto.

Hortas Urbanas: horta comunitária em condomínio

Hortas Urbanas: horta comunitária em condomínio

2- Verifique se o local recebe sol e tem fácil acesso à água

Para garantir o crescimento das hortas urbanas, é essencial que o local tenha boa incidência de luz solar em pelo menos uma parte do dia.

Ele também precisa ter fácil acesso a água, seja de fontes naturais ou de tanques, torneiras ou mangueiras.

A água usada em hortas comunitárias urbanas deve ser livre de impurezas e odores.

3- Pense na fertilidade do solo

Se o local escolhido para a horta urbana já tem algum tipo de vegetação, é bem provável que o solo seja fértil. Mesmo assim, é interessante enriquecer a terra.

Uma dica é evitar os adubos solúveis em hortas urbanas, conhecidos como NPK (nitrogênio, fósforo e potássio).

Apesar da sua fácil aplicação e da resposta rápida das plantas, esse tipo de adubo pode ser prejudicial para as hortas urbanas ao longo do tempo.

Por conta da sua acidificação, mobilização de elementos tóxicos, redução de matérias orgânica e outras características, esse tipo de adubo pode causar a perda da fertilidade do solo da horta urbana.

Além disso, os alimentos obtidos com o uso desse adubo têm pior qualidade nutricional, duram menos e contêm excesso de nitratos e oxalatos, substâncias que após serem metabolizadas podem tornar-se cancerígenas.

Hortas Urbanas: exemplo de compostagem com restos de alimentos

Hortas Urbanas: exemplo de compostagem com restos de alimentos

A melhor forma de adubar hortas urbanas comunitárias é por meio da compostagem, uma técnica 100% orgânica que usa restos de alimentos.

Métodos da agricultura agroecológica e da permacultura também são interessantes.

Veja também: Descubra quais são os tipos de solo e evite problemas na estrutura da obra

4- Faça a limpeza do local

Depois de definir o local e a fertilização do solo, é hora de limpar o espaço que vai receber a horta urbana.

É necessário tirar todos os resíduos do local, inclusive vegetações existentes que não serão úteis na horta urbana. Em seguida, é iniciada a demarcação da terra para receber a nova vegetação.

5- Defina a disposição de canteiros, vasos e suportes

Os canteiros são importantes para agrupar o solo e garantir o crescimento saudável e manutenção das hortas urbanas.

Algumas espécies de hortaliças precisam, antes de serem transferidas para o canteiro, passar pelo processo de germinação em sementeiras.

Alguns exemplos são o alface, a beterraba, brócolis, cebola, chicória, couve-flor, jiló e repolho.

Já outras espécies como o alho, cenoura, ervilha, espinafre e pepino podem ser plantadas diretamente no canteiro das hortas urbanas.

Hortas Urbanas: exemplo de sementeira feita com caixa de ovo

Hortas Urbanas: exemplo de sementeira feita com caixa de ovo

A largura dos canteiros de hortas urbanas deve ser o dobro do tamanho dos seus braços estendidos, de forma que você alcance o centro do canteiro de ambos os lados.

Essa configuração facilita o manejo da terra e da vegetação das hortas comunitárias urbanas.

Para que os canteiros permaneçam em pé e não sejam levados pela chuva, conte com a ajuda de materiais como tijolo, telhas e madeiras.

Também pode ser feito um cercado de cimento ou o uso de objetos como pneus.

Hortas Urbanas: horta urbana feita com pneu

Hortas Urbanas: horta urbana feita com pneu

Sobre a disposição dos canteiros e dos vasos da horta urbana, é importante que haja espaço suficiente para a movimentação das pessoas.

6- Escolha os vegetais para o plantio

Para ter um projeto de horta urbana variado, aposte em vários tipos de vegetais formando uma miscelânea de cultivos, e não monoculturas.

É importante intercalar espécies que são repelentes de insetos como o alecrim, a citronela e a hortelã, com espécies que são mais suscetíveis a ataques.

Veja algumas espécies de hortaliças que podem ser plantadas em hortas urbanas:

Folhosas: Alface, coentro, couve, manjericão, cebolinha, salsa, aipo, repolho etc
Bulbos: Cebola e alho
Frutos: Abóbora, abobrinha, berinjela, pimentão, pepino, tomate, vagem, quiabo etc
Raízes ou Beterraba: Batata, batata-doce, inhame, mandioca (aipim)
Tubérculos: Cenoura, nabo, rabanete etc
Flores: Couve-flor, brócolis etc

16 exemplos de hortas urbanas comunitárias

 

Agora que você sabe como fazer um projeto de horta urbana, inspire-se com 16 exemplos de hortas urbanas comunitárias:

Hortas Urbanas: horta urbana com pneus e latas

Hortas Urbanas: horta urbana com pneus e latas

Hortas Urbanas: Horta Urbana com caixote de plástico

Hortas Urbanas: Horta Urbana com caixote de plástico

Hortas Urbanas: horta com vasos e canteiros pequenos

Hortas Urbanas: horta com vasos e canteiros pequenos

Hortas Urbanas: horta urbana suspensa

Hortas Urbanas: horta urbana suspensa

Hortas Urbanas com embalagem de produto doméstico

Hortas Urbanas com embalagem de produto doméstico

Hortas Urbanas com caixote de papelão

Hortas Urbanas com caixote de papelão

Hortas Urbanas: canteiro feito com bloco de concreto

Hortas Urbanas: canteiro feito com bloco de concreto

Hortas Urbanas: canteiro de tijolo

Hortas Urbanas: canteiro de tijolo

Hortas Urbanas: canteiro de madeira com lajes

Hortas Urbanas: canteiro de madeira com lajes

Hortas Urbanas: canteiro com tijolos

Hortas Urbanas: canteiro com tijolos

Hortas Urbanas: horta urbana com caixote de mercado

Hortas Urbanas: horta urbana com caixote de mercado

Hortas Urbanas: horta urbana com latas

Hortas Urbanas: horta urbana com latas

Hortas Urbanas com blocos de concreto

Hortas Urbanas com blocos de concreto

Hortas urbanas: canteiro com garrafas pet

Hortas urbanas: canteiro com garrafas pet

Hortas Urbanas: horta urbana em carro abandonado

Hortas Urbanas: horta urbana em carro abandonado

Hortas Urbanas: canteiro de madeira

Hortas Urbanas: canteiro de madeira

Hortas Urbanas contribuem com o bem-estar da comunidade e ajudam a revitalizar a cidade.

As árvores também fazem esse papel, aproveite para conhecer as melhores espécies para arborização urbana: Como funciona a arborização urbana – Confira 15 árvores ideais para grandes cidades