O que é Lighting Design? Veja como esta técnica pode ajudá-lo a criar obras deslumbrantes e únicas

o-que-e-lighting-design-ponte

O que é Lighting Design: Lighting Design em ponte

Assunto corriqueiro entre alunos de cursos de arquitetura, o que é Lighting Design geralmente entra na roda de discussão como tema da moda.

Lighting design é uma disciplina criativa usada para que a luz ambiente seja aplicada da melhor forma possível em um projeto. Em tradução livre, significa desenho de iluminação. Lighting Design é uma matéria que ensina técnica de utilização da luz com fim estético ou funcional.

O objetivo é trazer resultados visuais em ambientes fechados ou abertos a partir da luz ambiente, baseado no conjunto de ações pensadas por um profissional, chamado Lighting Designer. É ele quem vai decidir os melhores efeitos de iluminação de um projeto.

De forma mais prática, podemos dizer que quando o arquiteto começa a projetar a sala de um escritório, precisa priorizar a entrada de luz ambiente, aproveitando ao máximo sua presença e seus efeitos.

Mas o arquiteto também deve tomar cuidado para não deixar entrar luz demais, ou terá problemas com ofuscamento. Confira em nosso post como evitar esse problema em seus projetos.

Mas o conceito também se estende à aplicação de luz artificial nos ambientes (combinada ou não com a natural).

Nesta postagem você vai entender melhor o que é lighting design e como usar em seu dia a dia profissional.

Você também vai se interessar por estes posts:

O que é lighting design? 

 

o-que-e-lighting-design-escada

O que é Lighting Design: Lighting Design em escada

O objetivo do lighting design não é só deixar os espaços mais bonitos esteticamente, mas priorizar áreas, esconder outras e focar naquilo que importa, destacar em determinados espaços.

O lighting design também é usado em eventos, casamentos e festas com o intuito estritamente estético, produzindo cores e recantos iluminados para determinadas áreas do ambiente.

O que faz um lighting designer?

 

o-que-e-lighting-design-exemplo

O que é Lighting Design: exemplo do trabalho de um Lighting Designer

A premissa do uso de lighting design, ou seja, da contratação de um lighting designer, é priorizar os benefícios da ergonomia visual em espaços amplos, com entradas de luz natural.

O trabalho do profissional é trazer soluções de iluminação. Em sua rotina de trabalho, ele considera cortes na estrutura, aberturas, uso de vidros e outras elementos que ajudam na otimização da iluminação.

Portanto, respondendo a pergunta: o que faz um lighting designer? A resposta é que esse profissional cria condições para a entrada adequada de luz ambiente e natural em seus projetos, ornamentando contextos, em alguns casos, com luz natural ou artificial.

Quer se especializar no assunto? Inscreva-se já no curso gratuito de lighting design:

curso-light-design

Qual a importância do Lighting designer para um projeto?

 

o-que-e-lighting-design-laboratorio-luce

O que é Lighting Design: importância do Lighting Designer para o projeto

Por que contratar um lighting designer para seu projeto?

Para especialistas da área, é preciso associar o lado técnico ao humano na concepção da iluminação em um projeto de arquitetura.

O impacto dessa combinação gera resultados às vezes inesperados em um projeto.

Basta pensar na Casa de Vidro de Lina Bo Bardi, e em toda transparência e luminosidade dessa residência.

Isso significa que considerar apenas a técnica para gerar resultados pode ser um erro.

A ideia é apostar em um lighting designer com olhar rico, combinando fatores emocionais e criativos ao profissional.

E ainda: estabelecer uma relação com sua bagagem sensível para acrescentar a arte necessária a uma construção ou projeto que acolha e agrade, além da funcionalidade.

A grosso modo, trabalhar com iluminação natural não é um cálculo matemático de medição de luz e eletricidade ou metro quadrado.

Porém, esses cálculos são muito importantes. Confira quais são as grandezas elétricas básicas e aprenda como utilizá-las em seu projeto.

O designer de iluminação vai além, ao trabalhar com conceitos e percepção humanas complexas.

Veja alguns pontos a considerar em um projeto de iluminação: Entenda a diferença entre luz quente e luz fria e crie a iluminação perfeita!

O que deve ser considerado no lighting design?

 

o-que-e-lighting-design-blue-christmas-light

O que é Lighting Design: o que dever ser considerado

A iluminação está diretamente relacionada com limites espaciais e de volume.

As cores são resultados da iluminação, revelando seus contrastes e contornos. Trabalhar com técnicas de luz é enfrentar uma rotina de surpresas.

Por isso, o dia a dia de um profissional de lighting design é escolher fontes de luz, afastar a redução da iluminação e selecionar a distribuição de cores no ambiente, fugindo sempre de exageros.

Saiba mais sobre a importância das cores na arquitetura em nosso post.

Um exemplo são os ruídos visuais, que podem comprometer negativamente um projeto.

Outro ponto a ser considerado em um lighting design é a construção de camadas e ressignificação dos espaços.

Segundo especialistas, a sensibilidade humana deve se relacionar com o espaço arquitetônico para achar a melhor solução de iluminação.

Há dois tipos fundamentais de lighting design:

  • Iluminação natural
  • Iluminação artificial

É importante dizer que para os estudiosos e acadêmicos, uma fonte de luz natural não pode ser substituída pela luz artificial.

A deparar-se com a possibilidade de usar uma luz forjada, o profissional deve sempre recorrer à luz natural.

5 fatores determinantes de um projeto de lighting design ideal

 

o-que-e-lighting-design-interior

O que é Lighting Design: fatores determinantes

Ao levar adiante um projeto de iluminação, o lighting designer deve levar em consideração 5 fatores:

  • Diferenças culturais: a maneira de ser de cada povo, a origem de quem vai usufruir o ambiente e até a localização geográfica podem interferir profundamente nas escolhas do profissional.
  • Gostos pessoais: nunca esquecer que o ambiente servirá a seus ocupantes, que devem ser consultados sobre suas preferências em relação às soluções propostas.
  • Características do espaço: evidentemente esse é um dos pontos mais relevantes do projeto, em função do qual a forma de iluminação será definida.
  • Sustentabilidade: a luz natural ou o uso de luz artificial com baixo consumo de energia deve ser priorizada.
  • Praticidade: por fim, os quatro fatores anteriores não podem impedir que o ambiente seja funcional e atenda às necessidades dos usuários.

Mais uma dica de nosso blog: Como calcular a luz? Aprenda a fazer um cálculo luminotécnico rápido e simplificado!

Lighting Design é uma ótima técnica para ajudar a conquistar um cliente. Gostaria de aprender outras técnicas tão eficazes quanto essa?

Acesse a Viva Decora PRO Academy e conheça seus cursos online desenvolvidos especialmente para arquitetos e designers empreendedores.

curso ciclo do encantamento