Piso Industrial: Descubra 4 Tipos Ideais e Como Fazer

Piso industrial, também conhecido como piso de alta resistência, é utilizado em ambientes que recebem muita carga, como fábricas e estacionamentos. Ele é feito com placa de concreto e outros materiais que variam de acordo com a necessidade do espaço.

Projetos de ambientes corporativos e industriais devem ser pensados para otimizar o processo produtivo. Além de oferecer segurança e praticidade, eles precisam ser mais resistentes do que os revestimentos usados em projetos residenciais.

Diante desse contexto, os pisos industriais surgem como uma solução prática para o dia a dia. Mas como escolher o melhor para cada tipo de ambiente? No post de hoje, vamos explicar quais são os 4 tipos de piso industrial e como utilizá-los com perfeição. Acompanhe!

O que é piso industrial?

Piso industrial, também conhecido como piso de alta resistência, é utilizado em ambientes que recebem muita carga, como fábricas e estacionamentos. Ele é feito com placa de concreto e outros materiais que variam de acordo com a necessidade do espaço.

Piso Industrial em estacionamento de avião (foto: Berco Europa)

Piso Industrial em estacionamento de avião (foto: Berco Europa)

A execução de um piso industrial lembra o trabalho feito em uma laje de concreto armado. Basicamente, é colocada uma malha de ferro sobre o solo que é preenchida com concreto. Em seguida, o piso é revestido com materiais específicos ou simplesmente polido.

Piso Industrial: estrutura (foto: brasil.geradordeprecos.info)

Piso Industrial: estrutura (foto: brasil.geradordeprecos.info)

Apesar do nome, o piso industrial não é usado apenas em indústrias. Ele também é aplicado em outros ambientes com necessidades especiais de carga ou tráfego. Veja alguns exemplos:

  • indústrias
  • frigoríficos
  • cozinhas industriais
  • shoppings centers
  • galpões de depósito
  • oficinas de máquinas pesadas
  • pátios de manobras
  • escritório
  • montadoras
  • concessionárias
  • quadras esportivas
  • galpão destinado a estacionamento de avião

Qual é a diferença entre piso industrial e piso de concreto?

É comum que se confunda piso industrial com piso de concreto. Apesar do material usado ser o mesmo, no piso industrial existe uma taxa de armação maior.

Também há um cuidado extra com o tipo de solo e a espessura do piso, já que a carga e tráfego são intensos.

Além disso, o acabamento do piso industrial é pensado para necessidades específicas, como maior resistência à abrasão, agentes químicos e biológicos e qualquer tipo de intempérie.

Veja também: Descubra 8 tipos de cimento e qual é o mais indicado para sua obra

Quais são os tipos de pisos industriais?

Agora que você conferiu o que é piso industrial, veja quais são os principais tipos e sua composição:

  • Piso Epóxi Industrial
  • Piso Industrial de Concreto Polido
  • Piso Industrial Vinílico
  • Piso Emborrachado

Piso Epóxi Industrial

O piso epóxi industrial é o mais utilizado em espaços industriais como armazéns, garagens, oficinas, hospitais, entre outros.

O revestimento desse piso industrial é feito com uma base de resina epóxi, que endurece quando misturado com um catalisador/endurecedor.

Ele tem alta resistência química e mecânica, ideal para ambientes que têm contato com reagentes químicos.

Piso Industrial Epóxi (foto: Megapoxy)

Piso Industrial Epóxi (foto: Megapoxy)

Além da durabilidade, uma das principais características desse piso industrial é o brilho. De modo geral, a estética desse piso industrial é bastante interessante, pois seu aspecto é sempre de limpeza.

É comum ver esse piso industrial em cores neutras como cinza e branco, mas também é possível escolher outras tonalidades.

Piso Industrial de Concreto Polido

O piso industrial de concreto polido é outra opção muito utilizada no mercado.

Sua aparência é bem semelhante a do cimento queimado, com a vantagem de que ele é bem mais resistente a impactos e produtos químicos.

Esse tipo de piso industrial também impede a presença de ácaros, bactérias, manchas, vazamentos e umidade. Uma vantagem em relação ao piso epóxi é que ele é dura mais tempo.

Piso Industrial de concreto polido (foto: Lajes Esteves)

Piso Industrial de Concreto Polido (foto: Lajes Esteves)

O acabamento espelhado do piso industrial de concreto polido facilita a limpeza, evita o acúmulo de poeira e outros resíduos, auxilia na impermeabilização da superfície e escoamento de água, entre outras vantagens.

Devido a sua estética interessante, o piso industrial de concreto polido também é usado em projetos residenciais.

Ele pode ser aplicado em ambientes internos e externos. Nesse caso, não é necessário fazer os reforços de estrutura para cargas pesadas.

Piso Industrial: sala de estar com piso de concreto polido (projeto: ODVO Arquitetura e Urbanismo)

Piso Industrial: sala de estar com piso de concreto polido (projeto: ODVO Arquitetura e Urbanismo)

Piso Industrial Vinílico

O piso industrial vinílico funciona da mesma forma que o tradicional que imita madeira. A diferença é a sua estética, que simula cimento e outros materiais de aspecto mais brutalista.

Ele pode ser aplicado sobre pisos pré-existentes como cerâmica, porcelanato, cimentados, entre outros.

O piso industrial vinílico é bem versátil e pode ser utilizado em fábricas, estacionamentos, postos de gasolina, galpões e outros tipos de ambientes.

Piso Industrial vinílico

Piso Industrial vinílico

Esse tipo de piso industrial não é tão resistente quanto os demais, por isso é indicado para locais de médio tráfego. Em contrapartida, esse piso industrial é o mais econômico e de fácil instalação.

Outra vantagem do piso industrial vinílico é que ele é “macio”, o que reduz a reverberação do som em relação aos pisos de concreto.

Além disso, ele é menos escorregadio e tem mais aderência, característica essencial para a segurança dos colaboradores.

Piso emborrachado

O piso emborrachado também é uma excelente opção de piso industrial para ambientes com alto tráfego.

Assim como piso vinílico industrial, ele é macio e antiderrapante.

Apesar de ser menos resistente que o concreto, o piso industrial emborrachado se comporta bem em contato com a água e o fogo.

Uma vantagem interessante do material é que ele é um ótimo isolante acústico e térmico. Dessa forma, ele torna o ambiente industrial mais confortável.

Mas se o ambiente precisa de limpeza constante, o piso industrial emborrachado não é a melhor opção. O material acumula poeira facilmente, além de riscar com mais facilidade.

Piso Industrial emborrachado pode ser usado em estacionamento (foto: angare)

Piso Industrial emborrachado pode ser usado em estacionamento (foto: Angare)

Veja outros tipos de pisos industriais:

  • Paviflex
  • Piso de PVC
  • Piso antiderrapante
  • Piso sinteco

Como instalar piso industrial? Veja 12 etapas essenciais

  1. Estudos preliminares
  2. Elaboração do projeto
  3. Locação da obra
  4. Execução de cortes e aterros
  5. Compactação do solo (nivelamento)
  6. Execução das formas
  7. Posicionamento das armaduras
  8. Concretagem do piso industrial
  9. Regularização do concreto
  10. Cura do concreto
  11. Execução das juntas (para reduzir riscos de fissuras)
  12. Acabamento (pintura)
Piso industrial em edifício (foto: Jota Piso - Piso industrial de alta resistência)

Piso industrial em edifício (foto: Jota Piso – Piso industrial de alta resistência)

Piso Industrial: a importância de um acabamento perfeito

O acabamento do piso industrial de concreto evoluiu nos últimos anos para seguir novas exigências de segurança e qualidade.

O tipo de acabamento mais usado é o polimento. E como ele é feito? Após o uso da desempenadeira, usa-se uma ferramenta chamada acabadora (ou polidora).

Ela é a responsável por deixar a superfície livre de imperfeições.

A acabadora deve ser passada no piso industrial de 6 em 6 horas até que se obtenha um acabamento perfeito.

Piso industrial: acabadora de piso (foto: Sindileq)

Piso industrial: acabadora de piso (foto: Sindileq)

Em relação à pintura do piso industrial, ela deve ser feita apenas 28 dias após a finalização da superfície, que é o tempo que o concreto demora para chegar a sua resistência total.

Piso Industrial: acabamento com pintura em estacionamento (foto: Revest Brasil)

Piso Industrial: acabamento com pintura em estacionamento (foto: Revest Brasil)

Qual é o preço do piso industrial?

O preço do piso industrial varia de acordo com diversos fatores como o tipo de piso, de concreto, a espessura, as ferramentas utilizadas e a necessidade de mão de obra especializada.

Por esse motivo, não é possível determinar o preço do piso industrial sem um levantamento detalhado do projeto.

Quer mais dicas para tornar-se um especialista em piso? Veja também: