Plano de marketing para Arquitetos: estruture o seu em apenas 9 passos

Você é ótimo em criar espaços funcionais e belos, mas sente que na hora de organizar o seu negócio e captar clientes ainda tem muito a melhorar? Isso não é novidade. Criar um plano de marketing para arquitetos robusto e que traga resultados expressivos ainda é uma dificuldade para esse mercado.

Por isso, criamos esse conteúdo e dividimos ele em duas etapas principais: primeiro, vamos explicar como você consegue estruturar o seu plano de marketing, desde a definição de público, orçamento, cronograma e etc; em segundo momento, vamos dar dicas e sugestões de ações e estratégias para você implementar no seu negócio pra já.

Vamos lá?

I) Estruture seu plano de marketing

 

1 – Encontre seu público alvo

 

plano-marketing-arquitetos-publico-alvo

plano marketing arquitetos: público alvo

O primeiro passo em um planejamento de marketing, seja para arquitetos ou qualquer outra área, é definir por quê e para quem seu negócio existe. Ter foco em um público específico vai ajudar na definição de todos os outros pilares do plano.

Por exemplo, se seu escritório tem como foco criar projetos para restaurantes, o foco das suas ações será mais voltado para o público B2B do que para um cliente de pessoa física.

Provavelmente em sua época de faculdade e devido às suas experiências, você já tem em mente qual área pretende trabalhar. Mas existem algumas formas de definir ainda mais claramente seu público a fim de saber exatamente quem você deseja atingir.

Uma forma é fazendo pesquisas com seus atuais e potenciais clientes. Entender com que eles trabalham, seus hobbies, classe social, gênero e até região onde moram são algumas das perguntas comuns em uma pesquisa de mercado para identificar seu público alvo. Conhecer a metodologia do Círculo Dourado pode te ajudar!

Outras ferramentas também ajudam a entender um pouco melhor seu mercado e como seu público se comporta, como é o caso do Audience Insights do Facebook. Ao inserir algumas informações sobre o seu público, essa ferramenta te retorna com outras informações complementares, como nível de escolaridade, profissão, idade, estado civil, e etc.

Existem outras formas de estudar e definir o seu público alvo, cada uma traz insights valiosos que vão ajudar na definição da persona do seu negócio.

É super importante ter essa etapa definida, antes de seguir para as próximas, só assim você conseguirá alinhar as estratégias certas para o público certo.

2 – Defina os objetivos e ações

 

plano-marketing-arquitetos-objetivos

plano marketing arquitetos: objetivos

Seu público alvo está definido, agora chegou a agora de definir as ações que você irá colocar em prática. Um plano de marketing para arquitetos pode ter qualquer duração. Nossa sugestão é que você siga a metodologia dos OKR’s, que são planos com duração de um ano, dividido em períodos de três em três meses (chamados Quarters, do inglês que em tradução significa cada um quarto do ano).

Essa metodologia está sendo muito utilizada atualmente por ajudar na definição de metas e ações a curto prazo, sendo mais fácil de acompanhar e revisar. As metodologias de planejamento mais tradicionais duram mais de um ano para ter uma revisão. Imagine esperar todo esse tempo para ver que o que deu certo e o que não deu?

A ideia é definir a meta anual e dividi-la em nos Quarters (cada três meses), ou seja, se com o plano de marketing para seu escritório de arquitetura você pretende atingir 100 clientes em um ano, você poderá dividir esse valor em submetas para cada trimestre até que ao final do ano atinja a meta de 100.

Da mesma forma, você deverá definir o que será feito em cada trimestre para alcançar a meta. Serão as ações de marketing, como por exemplo criar uma campanha de anúncios no Google AdWords para sua empresa ou apoiar um evento que seu público estará presente.

Vamos dar mais informações sobre ações de marketing na segunda etapa do conteúdo, por hora o que importa é você definir onde sua empresa quer chegar ao final de um ano e o que será feito para atingir essa meta em cada um dos meses.

Sua meta tem aspectos financeiros? Saiba como definir objetivos financeiros – e como alcançá-los!

3 – Investimento e ROI

 

plano-marketing-arquitetos-roi

plano marketing arquitetos: roi

Toda empresa deve ter o controle de quanto está investindo e também do retorno desse investimento (ROI – Return of Investment).

Em um plano de marketing, uma das etapas principais é definir quanto seu negócio está disposto a investir e quanto é esperado de retorno em vendas. A conta é simples, o valor investido dividido por quanto em serviço foi retornado.

Vamos dar um exemplo para ficar mais prático, você quer investir R$ 1000,00 em uma campanha de anúncios no Instagram Brasil e a cada um projeto vendido o lucro é de R$ 2000,00, ou seja, para valer a pena sua campanha no Instagram, você deve vender pelo menos um projeto.

Mantenha os investimentos salvos em uma planilha e também sempre acompanhe de onde seus clientes estão vindo para manter em dia essa análise de investimento e resultados. Fazer isso é uma ótima maneira para evitar a queda da lucratividade em escritórios de arquitetura.

4 – Análise de Resultados

 

plano-marketing-arquitetos-metricas

plano marketing arquitetos: métricas

A última etapa em um plano de marketing para Arquitetos é a análise de resultados. Acompanhar as métricas das ações de marketing digital ou offline é essencial para estar em um ciclo contínuo de melhoria. Se ao final do primeiro trimestre, suas metas não chegaram nem a 80% do esperado, está na hora de revisar as ações e entender o que não deu certo.

Mantenha o hábito de ver o resultado das estratégias que foram implementadas, só assim será possível melhorar o que deu certo e evitar aquela ação que não traz resultado algum para sua empresa.

Só tome cuidado para ser crítico ao definir se uma ação dá certo ou não para seu negócio para não correr o risco de deixar de lado a mina de ouro para seu escritório.

Aproveite e veja nossas dicas de ferramentas para Instagram para acompanhar suas métricas!

II) Estratégias para um plano de marketing para Arquitetos

 

Agora que você já entendeu a estrutura de um plano de marketing para Arquitetos, vamos passar de forma resumida algumas sugestões de ações de marketing para você já dar início ao primeiro trimestre do seu plano.

5 – Mídia Paga

 

plano-marketing-arquitetos-midia-paga

plano marketing arquitetos: mídia paga

Em um primeiro momento pode ser difícil deixar todas as engrenagens da área de Marketing funcionando perfeitamente e trazendo resultados. Por isso, nossa primeira dica é investir na geração de tráfego e leads qualificados através de campanhas de mídias pagas.

A estratégia de mídia paga nada mais é que anunciar sua empresa no Google AdWords, Facebook Ads, Instagram, Linkedin, Youtube e etc.

As ferramentas oferecem dezenas de formatos e opções de anúncios, cada um com suas vantagens e desvantagens. O orçamento também é bem flexível e permite criar campanhas a partir de R$5 por dia. Claro, quanto maior o investimento, mais resultados, mas é uma boa estratégia para dar o pontapé inicial.

Antes de criar qualquer conteúdo, certifique-se de que o que você quer divulgar está de acordo com o seu posicionamento de marca. Pense: Meu público vai gostar disso?

Se você não se sente seguro para criar uma campanha do 0, pode contar com uma equipe especializada em mídia paga para ajudar nessa estratégia.

6 – Marketing de Conteúdo e SEO

 

plano-marketing-arquitetos-marketing-de-conteudo

plano marketing arquitetos: marketing de conteúdo

O consumidor está cada vez mais conectado e usando a internet como sua principal fonte de informação. Por isso, uma estratégia que ajuda a aumentar o alcance e relevância da empresa é a criação de conteúdo, de preferência otimizado para os mecanismos de buscas, o que chamamos de SEO (Search Engine Optimization, em português livre otimização dos mecanismos de buscas).

Essa é uma estratégia que tem mais resultado a longo prazo, mas que não deve ser deixada de lado, já que quando bem feita, pode trazer tráfego gratuito e constante para seu blog e site, gerando um fluxo de venda recorrente.

7 – Redes Sociais

 

plano-marketing-arquitetos-redes-sociais

plano marketing arquitetos: redes sociais

Dentro de um plano de marketing, não podemos esquecer as estratégias de redes sociais. Cada rede social possui sua função e público diferente, alinhar a linguagem dos conteúdos para cada é o que vai fazer você criar uma base de seguidores fieis e engajados.

Cuide para ter um cronograma de postagens e manter suas redes atualizadas. Aqui vão algumas dicas para as principais redes sociais:

  • Linkedin: é uma rede profissional, mas existe espaço para escritórios de arquitetura. Você pode compartilhar informações e criar posts que falam de como espaços funcionais ajudam na produtividade dos funcionários, por exemplo. Confira nossas dicas e saiba como usar o LinkedIn para empresas.
  • Instagram: essa rede possui um forte apelo visual, alimente o seu perfil com belas fotos de projetos próprios e até inspirações. Use as #hashtags de decoração e arquitetura para ter um alcance maior. Descubra como conquistar seguidores no Instagram com o seu trabalho.
  • Pinterest: é a rede social que os internautas usam como principal fonte de inspiração. Muito forte para decoração, é uma ótima estratégia manter o perfil do seu escritório atualizado por lá. Saiba como usar o Pinterest e inspire seu público!

8 – Tenha um Portfólio no mínimo incrível

 

Uma das principais estratégias em um plano de marketing para arquitetos é conquistar potenciais clientes através do apelo visual. Por isso, ter um portfólio atualizado, organizado e bem apresentado é essencial para o sucesso do plano.

Algumas ideias para criar o seu portfólio de arquitetura:

  • Você pode criar um site online moderno e de acordo com a identidade visual do seu escritório de arquitetura.
  • Pode manter um blog atualizado com os últimos projetos e outras informações (pode criar uma categoria só para os últimos trabalhos, por exemplo)
  • Seu portfólio pode ser até mesmo uma conta no Instagram, Pinterest ou Facebook, bem estruturado e atualizado.
  • Outra opção que pode funcionar em conjunto com as opções digitais é ter um portfólio impresso com fotos profissionais dos projetos. Ele pode ser um livro bonito ou um folder. Com certeza agregará muito valor ao apresentar sua proposta comercial para um novo cliente.

Use da sua criatividade e o mais importante, preze pela qualidade e beleza ao apresentar seus projetos. Ele será seu cartão de visita para muitos clientes. De nada adiantará investir em várias estratégias de marketing em um plano robusto para apresentar seu trabalho a mais pessoas, se ao chegar em seu site ou blog as informações estarão desorganizadas e com ar descuidado.

9 – Invista em fotos profissionais

 

Vender um projeto de arquitetura é mais difícil do que parece. Seus clientes vão se basear em fotos do que você já fez e recomendações de outras pessoas. Por isso, ter fotos em alta qualidade, que mostre nitidamente o resultado final do seu trabalho é essencial para convencer seus clientes de investir no seu serviço.

Tenha o contato de um fotógrafo profissional parceiro que possa realizar pequenos trabalhos para você. Assim, sempre que finalizar um projeto, você conseguirá guardar as fotos para incluir em seu portfólio posteriormente.

Pronto, você está pronto para criar o plano de marketing que seu escritório de arquitetura precisa. Ficou alguma dúvida? Fez alguma ação diferenciada que funcionou para seu negócio? Comente aqui embaixo!

Esse post foi escrito pela Links Experts, uma empresa especializada em criar campanhas de mídia paga de sucesso.