De área contaminada à exemplo de sustentabilidade: conheça o projeto da Praça Victor Civita

Projetos de intervenção em grandes cidades costumam enfrentar desafios, que vão desde a localização do terreno até a falta de investimento do governo.

No caso da Praça Victor Civita, localizada em Pinheiros (SP), a contaminação do solo era o principal obstáculo para a revitalização da área.

Mas com algumas ações, o projeto da Praça Victor Civita conseguiu criar um espaço seguro e agradável para o uso da comunidade. Quer saber quais são elas?

Neste artigo, vamos contar a história da Praça Victor Civita e mostrar as características que tornaram o projeto um exemplo de sustentabilidade. Acompanhe!

Conheça outras obras famosas na cidade de São Paulo:

Praça Victor Civita: história

A Praça Victor Civita/Museu da Sustentabilidade foi inaugurada em 2007 e é fruto de uma parceria público-privada entre a prefeitura de São Paulo e a Editora Abril.

A ideia foi recuperar o terreno de 13.648 m² que estava abandonado e criar um espaço de convivência, além de contribuir para a revitalização da região.

Anteriormente, funcionava ali uma associação de catadores de lixo e o incinerador Pinheiros, conhecido como Sumidouro.

Praça Victor Civita: visão aérea

Praça Victor Civita: visão aérea

Praça Victor Civita: Planta

Praça Victor Civita: Planta

Praça Victor Civita: incinerador

Praça Victor Civita: incinerador

Diante desse histórico, o local apresentava focos de contaminação, o que tornou a revitalização um desafio para os profissionais envolvidos.

O projeto da Praça Victor Civita é de autoria do Levisky Arquitetos Associados em parceria com Anna Julia Dietzsch.

O paisagismo é de autoria de Benedito Abbud.

Projeto da Praça Victor Civita: a prova de que as intervenções em espaços desafiadores são possíveis

A história da Praça Victor Civita é muito interessante. Entre 1949 e 1989 funcionou ali um incinerador de lixo que queimava, entre outros resíduos, material hospitalar. Ele foi desativado devido ao desenvolvimento do bairro.

Após esse período, cooperativas de reciclagem deram um novo uso ao local. Diante desse contexto, o contato prolongado do solo com esse tipo de resíduo fez com que a superfície de terra ficasse contaminada.

Praça Victor Civita: Cooperativa de lixo

Praça Victor Civita: Cooperativa de lixo

A Editora Abril, empresa da região, tomou conhecimento do histórico da Praça Victor Civita e fez uma pesquisa para descobrir o que os moradores da região gostariam de ter no local.

A maioria afirmou que o desejo era contar com um espaço de cultura, lazer e área verde.

Praça Victor Civita: Edifício antes da revitalização

Praça Victor Civita: Edifício antes da revitalização

Existem regiões que também enfrentam os mesmos problemas da Praça Victor Civita, sofrendo com o abandono e terreno impróprio para construção.

O projeto da Praça Victor Civita mostra que é possível contornar essa situação usando várias práticas, além de criar um projeto sustentável e educativo para a população.

Esse tipo de projeto é possível com a união de governo, comunidade e profissionais capacitados.

Veja também: Descubra quais são os tipos de solo e evite problemas na estrutura da obra

Praça Victor Civita: características

A Praça Victor Civita é um projeto sustentável, desde a sua construção até a relação com os frequentadores.

Com a utilização de estacas metálicas pré-fabricadas e de aço 80% reciclado, a obra reduziu a geração de resíduos e a remoção do solo.

Esse detalhe foi importante porque, como as águas subterrâneas no local poderiam estar contaminadas, o melhor foi evitar o contato com o líquido e com a terra.

Os órgãos ambientais municipais e estaduais exigiram que fosse criada uma camada de terra extra sobre a Praça Victor Civita.

Para facilitar a locomoção e garantir a segurança dos frequentadores foram incluídos decks, que tornaram o espaço uma praça elevada.

Eles estão presentes por quase toda a extensão da praça Victor Civita, convidando os visitantes a interagirem com vários espaços do local.

Praça Victor Civita: Deck de madeira

Praça Victor Civita: Deck de madeira

Praça Victor Civita: vista aérea do deck de madeira

Praça Victor Civita: vista aérea do deck de madeira

Praça Victor Civita: materiais e estrutura do deck

Praça Victor Civita: materiais e estrutura do deck

Esse circuito da praça Victor Civita tem cerca de 700 metros para caminhada. Ele é repleto de dados educativos, disponibilizados em displays que descrevem os materiais e ações sustentáveis usadas no local.

Por esse motivo, a Praça Victor Civita também é conhecida como Museu Aberto da Sustentabilidade.

Além do concreto, foram utilizadas nos decks da Praça Victor Civita três espécies de madeira brasileira –  ipê, garapa e sucupira – todas com certificação.

Praça Victor Civita: display com informações (foto: luizhenriquefoto.com.br)

Praça Victor Civita: display com informações (foto: luizhenriquefoto.com.br)

Uma das características que mais chamam a atenção na Praça Victor Civita é a sua volumetria.

O piso de madeira forma fechamentos laterais, que trazem um visual marcante e arrendondado para o espaço.

Praça Victor Civita: cobertura lateral

Praça Victor Civita: cobertura lateral

Praça Victor Civita: Lateral e auditório

Praça Victor Civita: lateral e auditório

E o que aconteceu com o antigo edifício que abrigava o incinerador? Ele foi transformado no Museu da Reabilitação Ambiental.

A obra tem várias características sustentáveis, como placas de energia solar, iluminação LED, sistema de reuso da água, entre outras.

A exposição permanente no Museu da Praça Victor Civita mostra aos visitantes todo o processo de recuperação do terreno e do edifício.

Praça Victor Civita: Visitantes no Museu da Reabilitação Ambiental

Praça Victor Civita: Visitantes no Museu da Reabilitação Ambiental

Praça Victor Civita: Museu da Reabilitação Ambiental - informações sobre o projeto

Praça Victor Civita: Museu da Reabilitação Ambiental – informações sobre o projeto

Praça Victor Civita: Museu da Reabilitação Ambiental (foto: luizhenriquefoto.com.br)

Praça Victor Civita: Museu da Reabilitação Ambiental (foto: luizhenriquefoto.com.br)

Outras premissas aparecem no projeto da Praça Victor Civita, como a manutenção da permeabilidade do solo.

A água da chuva é captada embaixo dos decks e os resíduos dos sanitários recebem tratamento de decantação.

O objetivo é utilizar a água para irrigar as áreas arborizadas no local.

Praça Victor Civita: áreas arborizadas

Praça Victor Civita: áreas arborizadas

O local também abriga o Laboratório de Plantas, a Praça de Paralelepípedos, o Centro da Terceira Idade, Arena com arquibancada para 400 pessoas, Oficina de Educação Ambiental e um Bosque.

O paisagismo da Praça Victor Civita tem jardins verticais e alagados construídos com a finalidade de reuso da água.

Praça Victor Civita: paisagismo

Praça Victor Civita: paisagismo

Todas as novas construções da praça Victor Civita são feitas com drywall e placas cimentícias, materiais que favorecem uma obra limpa, rápida e com menor geração de resíduos.

A Praça Victor Civita, além de educar os frequentadores sobre a questão da sustentabilidade, também oferece diversas atividades e eventos para a comunidade.

É possível conferir no local espetáculos, exposições e cursos.

Praça Victor Civita Deck: evento (cinema)

Praça Victor Civita Deck: evento (cinema)

Praça Victor Civita: atividades com a comunidade

Praça Victor Civita: atividades com a comunidade

E aí, gostou de saber mais sobre a Praça Victor Civita? Aproveite para aprender a criar projetos sustentáveis: