Catedral de Brasília: História +20 Curiosidades Surpreendentes

A Catedral de Brasília é uma obra que merece todo o destaque quando falamos da arquitetura da capital do Brasil. Trata-se do primeiro monumento da cidade, além de ser uma das obras que levaram Oscar Niemeyer a ganhar o prêmio Pritzker.

Além de ser admirada mundialmente pelos lindos vitrais, a Catedral de Brasília também é conhecida por um fenômeno acústico muito interessante. Quer descobrir qual é?

Neste artigo, vamos contar a história da Catedral de Brasília e mostrar 4 curiosidades dessa obra icônica. Acompanhe!

Catedral de Brasília

1. Catedral de Brasília: Fonte: Dicas de Viagem

Conheça outras obras icônicas da arquitetura moderna brasileira:

  • Casa Modernista: a ousadia de Gregori Warchavchik que revolucionou a arquitetura brasileira
  • O MASP de Lina Bo Bardi: bruta simplicidade
  • Afinal, o Edifício Copan foi projetado por Oscar Niemeyer? Entenda!

Catedral de Brasília: História

A Catedral Metropolitana de Brasília foi inaugurada no dia 31 de maio de 1970.

Ela fica localizada na Praça de Acesso, ao lado da Esplanada dos Ministérios. Esse foi o local sugerido por Lúcio Costa, grande parceiro de Niemeyer em vários projetos.

O projeto da Catedral de Brasília é de Oscar Niemeyer, e o engenheiro responsável pelo cálculo estrutural foi Joaquim Cardozo.

A Catedral de Brasília é um dos ícones da arquitetura moderna e um exemplo de liberdade da forma.

Existem algumas teorias que explicam a concepção do projeto de Oscar Niemeyer. Alguns afirmam que a Catedral de Brasília foi inspirada na coroa de espinhos de Cristo, outros dizem que o edifício lembra duas mãos estendidas em formato de súplica.

Mas o fato é que a Catedral de Brasília é mais um projeto de Oscar Niemeyer que leva sua marca registrada: as curvas.

Veja também: O Que é Partido Arquitetônico? Entenda Sua Importância e Como Fazer

Catedral de Brasília: Vista Aérea

2. Catedral de Brasília: Vista Aérea. Fonte: Archdaily

Catedral de Brasília: Oscar Niemeyer com a maquete da obra

3. Catedral de Brasília: Oscar Niemeyer com a maquete da obra. Fonte: Glamurama

Catedral de Brasília: Croqui de Oscar Niemeyer

4. Catedral de Brasília: Croqui de Oscar Niemeyer. Fonte: Lastra Arquitectos

Catedral de Brasília: Arquitetura

A construção da Catedral de Brasília teve duas etapas. Na primeira etapa, entre 1959 e 1960, foi construída a nave.

São 16 colunas de concreto que convergem num círculo central. Cada uma delas tem 42 metros de altura e, ao todo, pesam 90 toneladas. A área circular ocupada pela Catedral de Brasília é de 70 metros de diâmetro.

Catedral de Brasília: colunas na época da construção

5. Catedral de Brasília: colunas na época da construção. Fonte:

Do lado de fora há um espelho d’água com cerca de 40 centímetros de profundidade e 12 metros de largura. Ele tem capacidade para um milhão de litros de água.

Os visitantes da Catedral de Brasília também se encantam com os belos sinos doados pelo Governo da Espanha. A Torre que os ampara, conhecida como campanário, tem 20 metros de altura.

Uma curiosidade é que, desde 1987, os sinos tocam todos os dias no mesmo horário: às seis, às doze e às dezoito horas.

Podemos observar também na entrada da Catedral de Brasília quatro esculturas de bronze, de autoria de Alfredo Ceschiatti.

Elas representam os evangelistas Lucas, Mateus, Marcos e João.

Catedral de Brasília: Espelho d' água

6. Catedral de Brasília: Espelho d’ água. Fonte: Housing and Architecture

Catedral de Brasília: sinos

7. Catedral de Brasília: sinos. Fonte: Flickr

Catedral de Brasília: esculturas na entrada

8. Catedral de Brasília: esculturas na entrada. Fonte: Tô Pensando em Viajar

Na segunda etapa da construção da Catedral de Brasília, entre 1969 e 1970, foi criado o interior da obra e a cobertura com vidro transparente.

O altar da Catedral de Brasília foi doado pelo Papa Paulo VI, e a imagem da padroeira Nossa Senhora Aparecida é uma réplica da original, que fica na cidade de Aparecida do Norte (SP).

O interior da Catedral de Brasília tem capacidade para receber quatro mil pessoas.

Catedral de Brasília: Altar

9. Catedral de Brasília: Altar. Fonte: About Brasilia

A Catedral de Brasília traz uma série de obras de arte de artistas brasileiros e internacionais. Entre eles estão Di Cavalcanti, Athos Bulcão e Alfredo Ceschiatti.

Existe também uma réplica da escultura Pietà, de Michelangelo. A escultura original está exposta na Basílica de São Pedro, em Roma.

Catedral de Brasília: Obras de arte

  • Cenas bíblicas no pilar da Catedral – Athos Bulcão
Catedral de Brasília: Cenas Bíblicas no pilar da Catedral (Athos Bulcão)

10. Catedral de Brasília: Cenas Bíblicas no pilar da Catedral (Athos Bulcão). Fonte: Fundathos

  • Composição dos azulejos – Athos Bulcão
Catedral de Brasília: Composição dos Azulejos (Athos Bulcão)

11. Catedral de Brasília: Composição dos Azulejos (Athos Bulcão). Fonte: Como Viajar

  • Pintura Via Crucis – Di Cavalcanti
Catedral de Brasília: Pintura Via Crucis (Di Cavalcanti)

12. Catedral de Brasília: Pintura Via Crucis (Di Cavalcanti). Fonte: Cultura Genial

  • Réplica de Pietà – (obra original de Michelangelo)
Catedral de Brasília: Réplica de Pietà (obra original de Michelangelo)

13. Catedral de Brasília: Réplica de Pietà (obra original de Michelangelo). Fonte: Sentidos do Viajar

  • Escultura de anjo suspensa por cabo de aço – Alfredo Ceschiatti
Catedral de Brasília: Escultura de anjo suspensa por cabo de aço (Alfredo Ceschiatti)

14. Catedral de Brasília: Escultura de anjo suspensa por cabo de aço (Alfredo Ceschiatti). Fonte: Cultura Genial

As missas na Catedral de Brasília têm capacidade para até 4 mil pessoas e acontecem diariamente (exceto às segundas).

Horário das Missas na Catedral de Brasília

  • De terça a sexta-feira: 12h15
  • Sábado: 17h
  • Domingo: 8h30, 10h30 e 18h

Quem fez os famosos vitrais da Catedral de Brasília?

É impossível contar a história da Catedral Metropolitana de Brasília sem destacar seus lindos vitrais, que foram instalados em 1990.

As peças foram idealizadas por Marianne Peretti, considerada a maior vitralista do Brasil.

Ela foi a única mulher presente na equipe de Oscar Niemeyer e Lúcio Costa na construção de Brasília.

Catedral de Brasília: Marianne Peretti

15. Catedral de Brasília: Marianne Peretti. Fonte: Blog do Chiquinho Dornas

Marianne Peretti também foi a responsável pelos painéis e vitrais em outras obras em Brasília, como a Câmara dos Deputados, o Palácio do Jaburu, o Superior Tribunal de Justiça e o Memorial Juscelino Kubitschek.

O vitral é composto por 16 peças em fibra de vidro nos tons azul, verde, branco e marrom. Além de deixar a cobertura mais bonita, as cores usadas trazem um ar calmo e introspectivo, ideal para ambientes religiosos.

Durante a inclusão dos vitrais na Catedral de Brasília, as colunas também foram pintadas de branco.

Catedral de Brasília: Vitrais e anjos

16. Catedral de Brasília: Vitrais e anjos. Fonte: Melhores Destinos

Catedral de Brasília: Detalhes dos Vitrais

17. Catedral de Brasília: Detalhes dos Vitrais. Fonte: Curta Mais

O principal desafio de Marianne foi buscar soluções de conforto térmico que ajudassem a reduzir o impacto do calor da região no ambiente.

Entre 2010 e 2011 os vitrais da Catedral de Brasília foram restaurados.

20 curiosidades sobre a Catedral de Brasília

  1. A Catedral de Brasília possui uma acústica potente, ou seja, se está perto de uma parede, é possível ouvir claramente o que uma pessoa fala a vários metros de distância se ela também está próxima da parede. Umas das possíveis explicações é o formato circular da parede, que serve como um “guia da voz”. Outro detalhe é que a parede não tem nenhum revestimento acústico que barra o caminho do som. Para se aprofundar ainda mais no assunto de acústica recomendamos a leitura do post “Aprenda a diminuir a reverberação em projetos de acústica de um jeito simples”;
  2. A cruz no topo da Catedral de Brasília foi instalada em 1968 e tem 12 metros de altura. Ela foi benzida pelo Papa Paulo VI;
  3. Em 1990, a Catedral de Brasília foi tombada como monumento Histórico e Artístico Nacional;
  4. A Catedral de Brasília tem uma relação direta com o número 4. São 4 apóstolos na entrada, 4 sinos e 16 (4×4) colunas de concreto. Os mais místicos ainda afirmam que seriam 4 anjos (3 suspensos e um quarto, que seria o anjo da guarda). Será uma superstição de Oscar Niemeyer?;
  5. As quatro estátuas de bronze do lado de fora da Catedral de Brasília representam os evangelistas Mateus, Marcos, Lucas e João;
  6. Os sinos do Campanário localizados na parte externo da Catedral de Brasília foram doados pelo Governo da Espanha;
  7. A Catedral de Brasília conta com a presença de uma réplica em tamanho original de Pietá;
  8. No interior da Catedral de Brasília, está a Cruz Histórica, essa cruz fez parte da 1ª missa oficial de Brasília;
  9. Os três anjos suspensos por cabos de aço simbolizam três arcanjos bíblicos: Miguel, Gabriel e Rafael;
  10. A imagem de Nossa Senhora é uma réplica da imagem original surgida das águas do rio Paraíba;
  11. O  Papa Paulo VI doou o altar principal da Catedral de Brasília;
  12. No subsolo, atrás do altar da capela abriga os túmulos destinados  à sepultura dos arcebispos de Brasília;
  13. Para não comprometer a estrutura da Catedral de Brasília, o Batistério foi construído depois;
  14. A complexidade do projeto arquitetônico, política e até mesmo a saúde de Niemeyer atrasaram a inauguração da Catedral;
  15. Oscar Niemeyer explica que a construção da Catedral de Brasília, em formato circular e com colunas curvas, simboliza um gesto de reclamo e comunicação ao céu, a estrutura lembra duas mãos estendidas em formato de súplica;
  16. O espelho d’água não tem uma função meramente decorativa, sua presença no espaço ajuda a refrigerar e garantir umidade para o interior da Catedral;
  17. O que se vê pela parte de fora é apenas o “telhado” da Catedral de Brasília, ou seja, o salão interno está em um nível abaixo;
  18. Originalmente os vitrais da Catedral de Brasília eram transparentes e só foram pintados 20 anos depois pela artista Marianne Peretti;
  19. Dependendo da intensidade dos raios solares, as cores dos vitrais vão se alterando;
  20. À noite, a Catedral de Brasília ganha uma iluminação especial.

Oscar Niemeyer surpreendeu a todos com a Catedral de Brasília, não é mesmo? Você também pode encantar seu cliente com um projeto incrível! Receba nosso material e confira dicas que vão dar um UP na sua carreira:

Comentários

comentários em "Catedral de Brasília: História +20 Curiosidades Surpreendentes"