Como analisar uma obra? 9 etapas para criar um estudo de caso de arquitetura completo

O estudo de caso de arquitetura é uma das atividades que fazem parte do aprendizado do futuro arquiteto.

Todo profissional dessa área deve saber reconhecer um trabalho muito bem (ou mal) feito. Analisar uma obra não é complicado e pode ajudá-lo a tornar-se uma pessoa muito mais criativa.

Além disso, esse tipo de trabalho traz conhecimento sobre os vários tipos de obras, além de ampliar a visão sobre os projetos arquitetônicos.

Ainda tem dúvidas sobre como começar? Não se preocupe, neste artigo, vamos explicar o que é um estudo de caso de arquitetura e como criá-lo. Acompanhe!

Veja mais dicas para estudantes de arquitetura:

O que é estudo de caso de arquitetura?

 

Trata-se de uma análise detalhada de uma obra arquitetônica, que pode ser uma casa, edifício, um comércio ou até mesmo uma cidade inteira.

Ele ajuda os alunos de arquitetura a entenderem vários aspectos que devem ser levados em conta na hora de projetar.

Essa atividade também contribui para a formação do estilo do futuro arquiteto, afinal nada melhor do que o observar o trabalho de grandes profissionais para inspirar-se.

Mas o estudo de caso é uma tarefa que não é realizada apenas pelos estudantes.

Esse termo também é costuma ser usado na arquitetura para definir o começo de um projeto de reforma ou até mesmo de uma construção.

Por exemplo: se o arquiteto vai reformar uma casa, ele precisa fazer um estudo daquele local. É necessário analisar a planta original, entender a dinâmica do local, quais são as necessidades dos moradores, as melhorias que podem ser implantadas, entre outras informações.

Mas, afinal, como fazer um estudo de caso de arquitetura na faculdade?

Como fazer um estudo de caso de arquitetura?

 

Ao apresentar o seu estudo de caso, não existe uma ordem correta dos tópicos ou das imagens, tudo vai depender da sua criatividade. Existem alguns programas que podem ajudar na formatação, como o Power Point, Prezi e Keynote.

O importante é que o conteúdo fique claro e que tenham muitas imagens para ilustrar as suas observações.

Preparados para começar? Então, vamos lá:

1- Informações gerais do projeto

 

Comece com as informações básicas do projeto, que são:

  • nome do projeto
  • local
  • data de início da construção
  • data de encerramento da construção
  • área do terreno
  • área construída
  • nome do arquiteto ou escritório de arquitetura

2- Contexto histórico e geográfico

 

Se a obra escolhida for de arquitetura moderna, por exemplo, faça uma análise de qual é a importância do estilo naquele período. De acordo com o contexto histórico, pode ser algo totalmente inovador, como a Casa de Vidro, de Lina Bo Bardi.

estudo-de-caso-arquitetura-casa-de-vidro

Estudo de caso de arquitetura: Casa de Vidro

Já se a construção é uma obra pública, faça um resumo sobre a sua história e de que forma ela contribuiu para a sociedade.

As características do terreno também devem ser destacadas no estudo de caso de arquitetura, mostrando os possíveis desafios que o arquiteto encontrou durante o projeto.

3- Relação com os arredores

 

Você já viu uma obra que parecia não ter nada a ver com o ambiente ao redor? Nesse caso, provavelmente, não houve uma preocupação em integrar a construção com o urbanismo que já existia no local.

Em contrapartida, existem projetos que se destacam por conseguir criar a sensação de que a obra sempre esteve ali e combina perfeitamente com os arredores. Um exemplo é a clássica Casa da Cascata, de Frank Lloyd Wright.

estudo-de-caso-arquitetura-casa-da-cascata

Estudo de caso de arquitetura: Casa da Cascata

Em outros casos, a sensação de deslocamento existe de propósito. O estudante deve pontuar qual é a relação da obra com o ambiente ao redor e quais são os pontos positivos e negativos dessa distribuição.

Vale também fazer uma breve descrição do local, informando se existem árvores, declives na rua e outros pontos que merecem destaque.

4- Estrutura e materiais utilizados

 

Aqui você deve fazer uma análise da infraestrutura da obra e falar sobre as técnicas construtivas utilizadas. Separamos alguns tópicos importantes nesse momento do estudo, confira:

  • Material usado na construção (concreto, madeira, tijolo, aço, terra, pedra, vidro, etc)
  • Tipos de revestimentos
  • Elementos com função estrutural na obra
  • Uso das janelas
  • Quantidade de cômodos
  • Quantidade de andares
  • Quantidade de ambientes
  • Tipo de fachada
estudo-de-caso-de-arquitetura-fundacao-ibere-camargo

Estudo de caso de arquitetura: análise de estrutura e materiais da Fundação Iberê Camargo

É claro que, de acordo com a obra, alguns pontos devem ser acrescentados nessa análise. Por exemplo, em um edifício comercial, você deve observar se o projeto foi pensado para oferecer conforto e funcionalidade aos colaboradores.

No caso de uma residência, avalie a disposição dos cômodos e de que forma eles facilitam ou dificultam a rotina dos moradores.

Também é importante verificar se existe uma harmonia entre a estrutura, os materiais e os ambientes. Aqui você também deve informar características que se destacam, como espaços flexíveis, materiais usados de forma pouco usual, etc.

Um outro ponto de destaque é entrada da obra. É aqui que acontece o primeiro contato com o espaço, por isso ele merece um olhar especial durante seu estudo de caso de arquitetura.

Qualquer outro ponto chamou sua atenção? Inclua também! Lembre-se que esse é um exercício de observação em que você está desenvolvendo a sua percepção sobre um projeto arquitetônico.

Está gostando das dicas? Aproveite para conhecer um dos cursos do Viva Decora Pro Academy, uma plataforma de estudos pensada totalmente para arquitetos, designers de interiores e estudantes da área:

SketchUP-Basico

5- Planta

 

A análise da planta é importante para observar as evoluções do projeto. Deve-se incluir a planta baixa, os cortes e os croquis (se tiver).

O estudante também deve destacar se houve coerência no desenvolvimento das ideias.

estudo-de-caso-arquitetura-casa-da-cascata-1

Estudo de caso de arquitetura: planta da Casa da Cascata

Aproveite para ler também: O guia prático para criar a planta humanizada ideal

6- Orientação solar e iluminação

 

A orientação solar é a forma como a luz do sol incide sobre a obra. Esse é um fator que deve ser analisado de acordo com a localidade. Por exemplo, em regiões mais frias, é interessante que os cômodos de maior movimento de uma casa recebam mais luz solar.

Já as residências em locais quentes e secos devem ser projetadas para que a incidência do sol seja menor nesses ambientes. Além da orientação solar, a ventilação também deve ser analisada na observação das janelas e outras aberturas da casa.

O estudante deve estar atento a como o arquiteto lidou com essa questão e se houve a inclusão estratégica de elementos relacionados ao conforto térmico.

estudo-de-caso-arquitetura-orientacao-solar-iluminacao

Estudo de caso de arquitetura: Análise da iluminação e aberturas do Sesc Pompeia

Deve-se analisar também o uso da luz artificial, a distribuição de lâmpadas no ambiente e como elas contribuíram para a estética e funcionalidade do local.

7- Imagens da obra

 

É claro que não podem faltar as imagens! Aqui não tem muito segredo, escolha fotos do lado interno, externo, de todos os ângulos possíveis. Use-as para ilustrar os comentários sobre os tópicos que vimos até agora.

8- Biografia do arquiteto

 

Inclua uma breve biografia do arquiteto destacando pontos importantes da sua trajetória. Conte quais são as características do seu estilo, suas principais obras, prêmios recebidos e outras informações relevantes.

9- Observações finais

 

Ao final do estudo, faça uma conclusão sobre a obra destacando seus pontos positivos e negativos. Aqui também vale dizer de que forma ela contribuiu para a sociedade, para a arquitetura ou até mesmo para os moradores do local.

Destacamos mais uma vez que não existe uma ordem de tópicos a ser seguida, afinal, cada obra exige uma análise diferente.

Agora que você descobriu como fazer um estudo de obra de arquitetura, é só escolher um projeto e mãos à obra!

Bons estudos 🙂

Aqui vai algumas sugestões de arquitetos para você inspirar-se:

  • As curvas de Ruy Ohtake: o arquiteto brasileiro que chamou a atenção do mundo
  • A sensibilidade, o luxo e a elegância do estilo de João Armentano
  • Conheça Márcio Kogan: um arquiteto cinematográfico