Como fazer networking: 7 dicas simples para conseguir contatos em eventos e no Linkedin

A palavra networking é muito utilizada no mundo corporativo, mas é algo que não é tão falado entre arquitetos e designers de interiores.

O receio de parecer inconveniente ou até mesmo a falta de habilidade para lidar com assuntos de negócio são alguns dos motivos que explicam essa situação.

Se esse é o seu caso, é melhor repensar, já que a falta de networking pode estar te impedindo de chegar mais longe na sua carreira.

Cultivar bons relacionamentos profissionais é uma forma de conhecer mais pessoas e ter acesso a oportunidades muito interessantes, seja você um empreendedor, colaborador ou profissional autônomo.

Não sabe como começar? Não se preocupe, neste artigo, vamos explicar o que significa networking e como conseguir contatos no Linkedin e em eventos. Acompanhe!

Confira mais dicas para alavancar sua carreira:

O que significa networking?

 

como fazer networking

Como fazer networking

Networking é a forma de cultivar relacionamentos profissionais em vários ambientes e situações e utilizar esses contatos para obter algo positivo. Eles podem gerar novos negócios, oportunidades profissionais ou simplesmente fortalecer laços com alguém importante.

Muitas pessoas não gostam de fazer networking por considerar que é um relacionamento “falso”, que acontece apenas quando há um interesse em conseguir algo.

O fato é que precisamos nos relacionar bem com as pessoas, tanto em nosso ambiente profissional como na vida pessoal também. Diante dessa realidade, o networking é uma forma estratégica de cultivar os contatos que fazemos ao longo da nossa vida.

E se pra você ainda parece estranho se aproximar de alguém apenas por interesses profissionais, lembre-se que o networking deve ser uma via de mão dupla.

Ou seja: você também precisa oferecer algo positivo para que essa relação seja saudável para ambas as partes.

Qual a importância do networking para arquitetos e designers de interiores?

 

Assim como todos os profissionais, arquitetos e designers de interiores precisam de networking para conseguir boas oportunidades de trabalho. Porém há um fator que intensifica essa necessidade: a busca por bons parceiros.

Sabemos como é difícil conseguir parcerias em áreas como engenharia, marcenaria, elétrica, hidráulica ou até mesmo a colaboração de outros arquitetos e designers de interiores.

Por isso, é importante que o profissional crie uma rede de contatos que possa auxiliá-lo em seus projetos e ofereça serviços de qualidade.

Mas, afinal, como fazer networking de forma eficaz? O uso do Linkedin e a abordagem em eventos são duas maneiras bastante utilizadas por arquitetos e designers de interiores.

Como fazer networking no Linkedin?

 

como fazer networking linkedin

Como fazer Networking: Linkedin

As redes sociais são ferramentas que têm um grande poder de alcance em um curto espaço de tempo. Não é à toa que elas tornaram-se as principais ferramentas para divulgar projetos, conseguir clientes e criar uma marca na Internet.

Quando falamos sobre como fazer networking, o Linkedin é a rede social mais indicada. Já são mais de 30 milhões de usuários cadastrados no Brasil – somos o 3º maior mercado da empresa no mundo.

Para conseguir a aproximação com as pessoas certas é importante usar essa ferramenta da forma correta. Separamos 4 dicas para que você consiga atrair mais contatos e parceiros, confira:

1 – Mantenha um perfil ativo

 

Essa dica é óbvia, mas vale a pena reforçá-la. Atualize todas as suas informações profissionais incluindo suas experiências anteriores, cursos, certificações, eventos e palestras que participou.

É importante que as pessoas que acessem o seu perfil tenham uma boa impressão, pois, dificilmente, elas vão se interessar por você caso não haja identificação imediata.

2 – Crie conteúdo útil para suas conexões

 

Nos últimos anos, o Linkedin tornou-se uma verdadeira plataforma de conteúdo. Além de postar artigos, os profissionais também podem compartilhar posts na timeline como acontece em outras redes sociais.

Aproveite para postar conteúdos interessantes sobre a sua área. Podem ser notícias, dicas ou até mesmo experiências que você já teve no dia a dia da profissão. Essa é uma ótima forma de estimular conversas e, consequentemente, criar novos contatos.

3 – Interaja com as pessoas

 

Não adianta muito manter um perfil ativo, postar conteúdo diariamente e não interagir com as pessoas, não é mesmo? Apesar de ser uma rede social mais formal, é importante mostrar que por trás do seu perfil existe uma pessoa disposta a criar relações.

Evite mandar as respostas automáticas que o Linkedin oferece para algumas situações, como novas conexões, aniversários e atualização de emprego.

Assim como você faz com as outras redes sociais, reserve um tempo para interagir verdadeiramente com as pessoas.

4 – Acompanhe os profissionais da área

 

Com certeza, existem profissionais da área que são referência para você. Se eles não estão no Linkedin, é hora de começar a procurar dentro da rede social quem se destaca dentro dos assuntos que você tem interesse.

Seguir essas pessoas é uma forma de se atualizar sobre as novidades e até mesmo fazer uma abordagem.

Nesse momento, vale o bom senso: se é alguém que você não conhece pessoalmente, verifique na sua rede de contatos se existe alguém que pode apresentá-lo virtualmente.

Outra opção é participar dos mesmos grupos ou eventos.

Como fazer networking em eventos?

 

como fazer networking high design 2018

Como fazer networking: Evento High Design 2018

Apesar de toda a ajuda das redes sociais, o bom olho no olho ainda é muito eficaz na hora de fazer networking. Além de participar de eventos de arquitetura e designer de interiores, profissionais mais estabilizados no mercado também podem criar eventos.

E vale lembrar que qualquer tipo de encontro pode trazer ótimos contatos, desde os mais simples até os mais conhecidos, como a Casa Cor e o High Design.

A abordagem presencial pode ser mais difícil para algumas pessoas mais tímidas, mas lembre-se que não é necessário sair falando com várias pessoas.

É só identificar aquelas que você acredita que podem contribuir da melhor forma com o seu atual objetivo e focar nessa conversa.

Separamos mais 3 dicas que podem te ajudar a fazer networking em eventos:

1 – Estude o evento

 

O primeiro passo é conferir a programação e quais serão os temas abordados. Alguns eventos já estão até mesmo reservando espaços dedicados ao networking, uma ótima ideia que facilita muito os contatos.

Se houver palestras, verifique quais são aquelas onde a probabilidade de encontrar pessoas do seu interesse seja maior.

2- Planeje como fazer (e receber) abordagens

 

Como fazer networking: abordagem em eventos

Como fazer networking: abordagem em eventos

Antes de ir para o evento, faça um check list mental de como abordar as pessoas. Uma dica é puxar assunto perguntando o que ela está achando do evento.

Se a primeira recepção for vaga, seja cauteloso ao continuar a conversa. Já se houver uma reciprocidade nesse primeiro contato, se apresente, fale um pouco sobre o seu trabalho e deixe a conversa fluir.

A situação inversa também pode acontecer, por isso é importante estar preparado para ser abordado. Saiba o que falar sobre você e o seu trabalho de forma profissional e simpática.

Se houver a troca de cartões de visitas e contatos, procure anotar alguma observação específica sobre a pessoa, por exemplo: “é especialista em projetos comerciais”.

Essa é uma forma de lembrar mais fácil de quem se trata e mostrar à pessoa que você se interessou pelo trabalho dela.

3- Evite usar muito o celular

 

Como fazer networking em eventos se você não desgruda do celular, não é mesmo? Ficar o tempo todo olhando pra tela do smartphone pode passar a impressão de que você não está a fim de conversar. Procure evitá-lo.

Outra atitude que pode atrapalhar seu networking é ficar muito tempo parado no mesmo lugar. Caso as conversas não estejam acontecendo, se movimente e procure grupos ou pessoas que parecem dispostas a trocar ideias.

Viu como fazer networking não é um bicho de sete cabeças? Foque nos benefícios que essa atividade vai trazer para a sua carreira e esteja sempre atento às novidades do mercado.

E já que estamos falando sobre crescimento, confira nosso material com dicas práticas para quem quer ser empreendedor:

6ps