Como ser um bom arquiteto em 5 passos

Atualmente o Brasil existem mais de 100.000 arquitetos e urbanistas ativos. Segundo o censo realizado pela CAU/BR há alguns anos, foram contabilizados 106.038 profissionais da área de arquitetura. Desse número, a maioria, 58.607, vive na região Sudeste. Em seguida, vem 22.089 arquitetos na região Sul, 8.528 estão no Centro-Oeste, 3.665 no Norte, e 13.149 no Nordeste.

Entre tantos profissionais e em meio a um mercado tão acirrado, que começou a engatinhar para fora da crise há pouco tempo, você deve se perguntar:

  • Como ser um bom arquiteto?
  • Quais qualidades devo seguir desenvolvendo e quais ainda devo desenvolver?
  • O que me diferencia dos outros?

São perguntas complexas, mas a primeira coisa que você tem que ter em mente é que arquitetos negociam um serviço cujo valor está muito além do ganho meramente comercial. Você gosta do que faz e tem orgulho de seus projetos – ok! – isso é positivo.

Mas se este trabalho que você tanto ama não trouxer as compensações financeiras que você precisa para viver bem, de nada vai adiantar criar projetos belíssimos, se eles não satisfizerem os clientes a ponto de você ser remunerado à altura desse esforço.

Sonhar é bom, mas com os pés no chão. Afinal, toda obra começa pelo alicerce, não é mesmo?

Para ajudar você a saber como ser um bom arquiteto e viver dessa profissão com muita qualidade de vida e satisfação, listamos abaixo dicas práticas e características essências que o profissional de arquitetura deve ter.

E se você quer conhecer mais algumas além dessas, confira os 6P’s do Arquiteto Empreendedor.

5 passos de como ser um bom arquiteto

 

Você já sabe que deve sempre manter seu portfólio atualizado, que organização e planejamento são essenciais para manter clientes e desenvolver projetos estimulantes. Mas e sobre marketing, redes sociais, público-alvo – você realmente conhece esses temas?

Neste artigo, vamos responder essas perguntas e trazer outros pontos complementares que vão te ajudar a ter mais sucesso na sua profissão e descobrir definitivamente como ser um bom arquiteto.

1- Conheça seu público-alvo

 

como-ser-um-bom-arquiteto-publico-alvo

como ser um bom arquiteto: defina um público alvo

É fundamental que você determine um nicho de mercado. Quem atira para todos os lados, não colhe resultados promissores e não desenvolve a carreira. Focar em um grupo não só te ajudará a ter estratégias mais assertivas, saber para quem e o que você deve vender, mas também vai te ajudar a criar orçamentos mais detalhados, projetos de qualidade e fidelizar clientes, pois você criará reputação dentro daquele grupo e cada vez mais trabalhos aparecerão.

É importante fazer pesquisas para entender seu público-alvo, o que ele realmente deseja. Experimente usar as plataformas digitais Survey Monkey, Google Forms, ou MindMiners para começar.

Também é importante criar personas – que seriam como um retrato do seu cliente ideal. Neste artigo da Viva Decora, você encontra mais detalhes e um gerador de personas para ajudar a definir seu público-alvo.

2- Mergulhe no mundo online

 

como-ser-um-bom-arquiteto-esteja-online

como ser um bom arquiteto: esteja online

Como ser um bom arquiteto na era da transformação digital? Afinal, hoje em dia, é muito importante que o networking e a prospecção de novos clientes também estejam presentes no universo online.

Assim, além de participar de eventos, palestras, comemorações e congressos, onde você marcará presença pessoalmente, o marketing digital vem em seu auxílio, pois – sejamos francos -, é possível estar em todos os lugares importantes ao mesmo tempo, com essa vida corrida de empreendedor que levamos!

Para isso, dedique um tempo para as seguintes atividade do mundo virtual:

Redes Sociais

 

como-ser-um-bom-arquiteto-esteja-nas-redes-sociais

como ser um bom arquiteto: esteja nas redes sociais

Facebook, Linkedin, Pinterest, Instagram. Esteja presente nas principais redes sociais, elas são um excelente canal para clientes potenciais tirarem dúvidas e terem um primeiro contato com você e seu trabalho.

Confira algumas dicas do blog:

Mantenha um blog com conteúdo relevante

 

como-ser-um-bom-arquiteto-blog

como ser um bom arquiteto: tenha um blog

Um espaço em que você pode oferecer conteúdo de qualidade, mostrar que entende do assunto, e que vai atrair mais clientes e ajudar a divulgar seu nome.

O segredo deste tipo de iniciativa está em conjugar bons textos com as palavras-chave que seus clientes procuram no Google, para que eles encontrem seu blog mais facilmente e conheçam seu escritório.

Esta técnica se chama marketing de conteúdo, com auxílio de SEO. Não entendeu nada?

Estes posts podem te ajudar:

Escreva artigos como especialista convidado

 

Isso também te ajudará a ter visibilidade dentro do nicho que você atua e ser lembrado pelas pessoas. Esta etapa é um pouco mais complexa, porque o ideal é que você busque uma consultoria com um assessor de imprensa, mesmo que apenas algumas vezes ao ano, para que ele faça o trabalho de busca e contato com blogs, sites e revistas que melhor combinem com você.

E-mail marketing

 

como-ser-um-bom-arquiteto-email-marketing

como ser um bom arquiteto: faça email marketing

Ao contrário do que muitos pensam, quando bem feito e com permissão de envio dos destinatários, o e-mail marketing traz excelentes resultados

Para isso, você precisa desenvolver uma lista de e-mails. Nunca compre listas prontas!

A maneira correta de se fazer isso é ir coletando os e-mail de seus clientes e pedindo autorização para enviar uma newsletter, além de criar formulários em seu blog e site para que as pessoas interessadas no que você escreve preencham com seus e-mails, usualmente em troca de acesso a algum material especial, como um e-book, por exemplo.

Veja aqui 5 dicas para arquitetos e designers conquistarem clientes por Email Marketing

Aplicativos para arquitetos

 

como-ser-um-bom-arquiteto-apps-para-arquitetos

como ser um bom arquiteto: apps para arquitetos

Esse é um universo que cresce a cada dia e que vai facilitar muito sua vida. Agora não estamos mais falando de como divulgar sua marca, mas de como ser um bom arquiteto com ajuda da tecnologia digital e da nuvem.

Existem ferramentas que te ajudarão desde a organizar sua agenda, desenvolver projetos de interiores e gerenciar equipes, até medir o melhor ponto de luz solar de uma construção.

3. Sempre deseje aprender mais

 

Uma coisa que todos os grandes arquitetos têm em comum é a vontade de seguir aprendendo, buscar o que está sendo feito pelo mundo, se atualizar, ler.

Esteja em constante mudança para a melhor versão de você mesmo. Procure por cursos, palestras e congressos. Não deixe de se atualizar.

Para começar, confira os vídeos de palestras da Viva Decora em nosso canal no YouTube.

4. Seja profissional, acima de tudo

 

Às vezes, nossos problemas pessoais acabam interferindo na nossa rotina e mesmo no nosso humor. Nesse momento, é difícil nos centrar no trabalho e na equipe, porém é primordial.

Os profissionais que trabalham ao seu lado e principalmente os seus clientes devem perceber que você separa esses dois mundos e é capaz de exercer seu profissionalismo ao máximo, tocando os projetos com confiança e comprometimento, como um bom arquiteto deve ser.

5. Seja único: diferencie seu trabalho focando em suas qualidades

 

Só você sabe quais são suas características e qualidades mais fortes e positivas. Mesmo que elas não estejam diretamente ligadas à arquitetura, acredite, é importante desenvolvê-las, porque no mínimo sua relação interpessoal melhorará e refletirá na sua carreira.

Por outro lado, você já deve ter ouvido falar em diferencial competitivo. Mas você sabe mesmo o que significa isso de verdade?

Diferencial de um negócio é o motivo pelo qual os clientes preferem uma determinada empresa, em vez de procurar a concorrência para resolver seus problemas, desejos ou necessidades.

Em outras palavras: é aquilo que você faz melhor que outros e chama atenção de seu público?

Por isso, se você quer saber mesmo como ser um bom arquiteto, preste atenção no que faz seus clientes escolherem você e seu escritório, entenda o motivo de seus elogios. Desenvolva e melhores cada vez mais estas características e, com certeza, a cada dia mais clientes virão atrás do seu trabalho.

Quer entender melhor seus clientes e descobrir quais são os ideais para você?

Assista a esta palestra da Viva Decora: